4 causas para a dor de dentes que você pode evitar

 em Público em geral

A dor de dentes é um dos sintomas odontológicos mais comuns, levando muita gente a visitar o dentista. Embora possa ser causada por diversos fatores, a boa notícia é que na maioria dos casos dá para prevenir a dor de dentes melhorando os cuidados com a higiene bucal.

Quer descobrir 4 causas para a dor de dentes e como você pode evitá-las? Confira o nosso post!

1 – Cáries

Não há dúvidas de que as cáries são a principal causa de dor nos dentes em qualquer faixa etária, embora sejam mais comuns nas crianças. Provocadas pela destruição do tecido dentário por substâncias produzidas por bactérias, as cáries podem expor as raízes nervosas do dente e gerar dores insuportáveis.

Para evitar esse problema, basta ter uma boa higiene bucal, escovando os dentes após as refeições e utilizando o fio dental pelo menos uma vez ao dia. Além disso, é importante procurar o dentista ao menor sinal de cárie para realizar o tratamento precocemente e evitar que a lesão seja profunda.

Nas crianças, vale chamar atenção ainda para as cáries de mamadeira que surgem devido ao mau hábito de beber leite logo antes de dormir, não escovando os dentes após essa mamada.

2 – Dentes sensíveis

A hipersensibilidade dentária também é um problema comum e muito incômodo, que impede a pessoa de ingerir alimentos muito quentes, muito frios ou muito doces. Tudo surge como consequência da gengivite, uma doença provocada pelo acúmulo de placa bacteriana e inflamação das gengivas.

Uma vez inflamadas, as gengivas se retraem e expõem a raiz dos dentes, uma região desprotegida pelo esmalte e mais sensível às variações no ambiente bucal. Além disso, a proliferação bacteriana promove a deterioração óssea que aumenta essa sensibilidade.

Para evitar esse problema, o capricho na higiene bucal é o segredo mais uma vez, com ênfase no uso do fio dental já que é ele que garante a limpeza da gengiva próxima à raiz dos dentes.

Enquanto a gengivite não é solucionada completamente, dá para usar também cremes dentais feitos especialmente para quem tem dentes sensíveis, que contém minerais que fortalecem a raiz do dente e reduzem a sensibilidade.

3 – Abscessos e outras infecções

Embora não sejam tão comuns, abscessos e infecções do tecido periodontal podem provocar dores fortes e que não se resolvem com “remedinhos caseiros”. Nesses casos, apenas o dentista pode avaliar o caso e decidir qual o melhor tratamento, que geralmente inclui antibióticos e drenagem cirúrgica da coleção purulenta.

Como essas infecções costumam surgir em pessoas com péssimos hábitos de higiene bucal e casos severos de cárie e gengivite, com uma boa escovação, o uso regular do fio dental e visitas ao dentista a cada 6 meses para realizar uma limpeza, dá para afastar esse risco.

4 – Problemas na articulação têmporo-mandibular (ATM)

Nem sempre a dor no dente é consequência de problemas nos dentes. Quando a ATM está com algum problema, a mandíbula fica em uma posição errada e acaba prejudicando o funcionamento dos dentes, provocando um desgaste excessivo deles e uma dor muscular na região, o que acaba sendo interpretado como uma dor nos dentes.

Para evitar esse problema o mais importante é ter um acompanhamento regular com o dentista para que esse profissional possa identificar qualquer alteração dentária relacionada à ATM e indicar o melhor tratamento.

Gostou do nosso post sobre as causas para dor de dentes? Ainda tem dúvidas sobre esse assunto? Compartilhe-as com a gente!

Publicações recentes

Deixe um comentário