4 cuidados especiais na fase banguela das crianças

 em Para seus filhos, Público em geral

A infância é uma fase mágica, repleta de descobertas e mudanças que trazem, ao mesmo tempo, alegria e apreensão. Acompanhar a criança durante essas mudanças não é tarefa fácil para os pais, que muitas vezes não sabem como ajudá-los, especialmente durante os marcos de passagem da infância: a entrada na escola, o primeiro machucado, a primeira paixão…

Por volta dos 5 anos, um dos acontecimentos mais esperados e temidos pelas crianças é a queda dos dentes. Para passar pela fase banguela das crianças de forma tranquila, confira nossas dicas:

Entenda o que acontece

Os dentes provisórios, chamados de dentes de leite por conta da sua cor mais branca, são menores e mais espaçados e começam a se formar antes mesmo do nascimento do bebê. A partir do sexto mês de vida eles já começam a ser visíveis, e só caem por volta dos cinco anos, quando os dentes permanentes fazem pressão e empurram o dente provisório. Depois que o dente de leite cai, pode demorar até seis meses até que o novo dente apareça, período em que a criança exibe “janelinhas”.

Encare com naturalidade

A maioria das crianças exibe o sorriso banguela sem constrangimento, já que a queda dos dentes de leite representa que não são mais bebês, já estão crescidos. Mas a constatação de um dente mole pode causar preocupação e medo por conta da dor. O apoio dos pais é fundamental para controlar o medo e evitar traumas. Para ajudar a criança, existem algumas coisas que você pode fazer:

  • Explique para a criança o que vai acontecer, como os dentes de leite são substituídos pelos permanentes e porque isso é necessário.
  • Recorra a histórias e contos de fada, como a Fada do Dente. A criança pode deixar o dente caído embaixo do travesseiro e ele será levado pela Fada, que deixará em troca uma moedinha ou presentinho. A versão de jogar o dente no telhado e fazer um pedido também costuma agradar.
  • Compartilhe com a criança histórias da sua infância: o que você sentiu quando seu primeiro dente caiu, o que você fez com ele… mantenha a conversa animada e positiva.
  • Mostre que esse acontecimento é natural, que os coleguinhas também passam por isso, e que os novos dentes serão mais fortes e bonitos. Mas tome cuidado para não fazer comparações.

Não force a queda do dente mole

Esse cuidado é extremamente importante, para não machucar a criança e não causar mais medo com relação à queda dos próximos dentes.

O adulto ou a criança pode mexer o dente para os lados suavemente, usando uma gaze ou algodão. Se estiver bem molinho, é possível puxá-lo sem que a criança sinta dor. Se ainda estiver oferecendo resistência, o melhor a fazer é esperar. Envolver a criança nesse processo costuma diminuir a ansiedade. Depois que o dente cair, pressione o local com um algodão limpo para cessar o sangramento.

Não descuide da higiene bucal

Nessa fase, a criança costuma oferecer mais resistência à escovação, por medo de sentir dor. Reforce a importância de uma boa higiene para manter os dentes livres de cáries e saudáveis. Com paciência e muita conversa, é possível guardar boas lembranças da perda dos dentes de leite, e garantir um sorriso bonito e saudável por toda a vida!

Seu filho está passando pela fase banguela? Como vocês têm lidado com isso? Conte pra gente nos comentários e participe da conversa!

Publicações recentes

Deixe um comentário