4 dúvidas mais comuns sobre higiene oral

 em Público em geral

Você sabe escovar seus dentes corretamente? Pode também afirmar que aplica o flúor ou usa o enxaguante bucal da forma certa? Estas e outras questões entram para a lista das principais dúvidas sobre higiene bucal entre as pessoas.

Por este motivo, separamos para o post de hoje as 4 dúvidas sobre higiene bucal que você provavelmente tem e nunca procurou saber sobre. Vamos conhecê-las agora?

1. Eu posso usar qualquer escova de dentes?

Não é o recomendado, pois utilizar qualquer escova de dentes para higienização pode gerar uma série de desconfortos e problemas futuros para a sua boca. O ideal é que as escovas sejam escolhidas de acordo com o tamanho dos seus dentes. A forma do cabo e das cerdas também devem variar de acordo com a segurança e conforto durante a escovação – o cabo deve dar firmeza na hora de segurar a peça e fazer a higiene.

As cerdas devem sempre ser macias, assim, não empurram a gengiva e causam ferimentos na boca. Se durante a escovação você sentir algum tipo de dor causado pelas cerdas, troque a escova imediatamente.

Existem alguns casos especiais em que a pessoa precisa usar escovas interdentais ou especiais: estas somente devem ser adquiridas sob orientação médica.

2. Escovar a língua tira o paladar?

Essa questão divide muito a opinião de médicos e dentistas. Vez ou outra aparecem odontólogos defendendo a ideia de que a escovação excessiva da língua acaba causando certa perda do paladar, e indicando os limpadores próprios de língua – que também têm seu uso controverso.

Portanto, se você tiver o hábito de escovar a língua, lembre-se de que a escovação deve ser feita com movimentos suaves e feitos com a própria escova. O limpador de língua não é condenado, mas deve ser utilizado seguindo orientação do seu dentista.

3. Enxaguante bucal: com ou sem álcool?

Esta é uma outra questão que divide muito a opinião de profissionais. Os enxaguantes bucais com álcool podem ser usados sim, mas devem ser prescritos com orientação adequada pelo dentista e seu uso deve ser ponderado.

No mais, você pode utilizar enxaguantes buscais sem concentração de álcool diariamente para limpar a boca e deixá-la sempre protegida.

4. Piercing de língua compromete a minha saúde bucal?

A boca é a casa para milhões de microrganismos e há uma facilidade imensa de surgirem infecções nesta parte do corpo. Portanto, ao resolver furar a língua, tenha em mente que terá de ter atenção redobrada com os cuidados e higiene bucais.

O correto é procurar um dentista antes de colocar o piercing. O profissional analisará as medidas da sua língua e irá dizer qual a melhor área a ser furada que não prejudique a boca ou a fala. Ele também fará as recomendações necessárias para que não haja nenhum desconforto durante a cicatrização e limpeza do local.

Lembre-se de que cuidar da boca não é somente se preocupar em ter os dentes bonitos. Consultar um dentista com regularidade mesmo que tenha bons hábitos de higiene irá preveni-lo de possíveis dores de cabeça que não são visíveis aos nossos olhos!

E você, ainda tem alguma dúvida com relação às perguntas? Compartilhe com a gente e fique de olho no blog!

Publicações recentes

Deixe um comentário