Clareamento dental: estética ou saúde?

 In Dente Amarelo, Sem categoria

Muita gente acha que o clareamento dental é um procedimento completamente estético, sendo usado apenas para pessoas preocupadas com a beleza e que querem um sorriso mais branco. Já outras pensam que esse é um procedimento extremamente simples e não acarreta qualquer risco à saúde, podendo ser realizado em casa sem qualquer orientação do dentista. Mas o clareamento é muito mais do que tudo isso, apresentando tanto questões estéticas quanto de saúde.

Quer descobrir mais sobre o clareamento dental? É só continuar lendo o nosso post!

Como é feito o clareamento dental?

A maioria dos procedimentos de clareamento dental é realizado pelo uso de uma solução de peróxido de hidrogênio — conhecido popularmente como água oxigenada — em contato com a superfície dos dentes. Uma vez ali, o peróxido de hidrogênio reage com os pigmentos amarelados, compostos de cadeias carbônicas insaturadas e os transforma em cadeias saturados, mais brancas.

O clareamento dental é um procedimento estético?

O clareamento é considerado um procedimento da odontologia estética, ou dentística, juntamente com aspróteses, os implantes, as restaurações dentárias, os aparelhos de ortodontia, o clareamento gengival emuitos outros.

Todos eles lidam com a estética e o aspecto geral do sorriso, mas tendo sempre em mente a manutenção ou a recuperação da forma e da função dos dentes também. Dessa forma, é impossível não valorizar o impacto que eles podem ter sobre a saúde do paciente.

Como o clareamento dental tem impacto sobre a saúde?

A Organização Mundial de Saúde, a maior autoridade em saúde pública do mundo, define saúde como um total bem estar físico, mental e social e não apenas como a ausência de doença. Partindo então dessa definição, o clareamento dental traz um grande impacto positivo sobre a saúde da pessoa ao aumentar suaautoestima e confiança.

Como essas características são, muitas vezes, essenciais para o crescimento profissional e pessoal, ajudando na conquista de novos empregos, novos relacionamentos e até no crescimento econômico, não há como negar que o clareamento dental faça bem para a saúde.

O clareamento dental pode tratar alguma doença?

Embora a maioria das pessoas que busquem o clareamento queira apenas reduzir o amarelo que surgiu com o consumo de tabaco, alimentos e bebidas — como o café, chocolate, molho de tomate, vinho tinto, chá, beterraba etc. —, ou mesmo pelo acúmulo natural de bactérias à superfície dental, o tratamento pode ser usado com outros objetivos também.

Nesses casos especiais, as manchas nos dentes são chamadas de intrínsecas e são mais profundas na estrutura dentária. Geralmente, são causadas pelo uso de antibióticos, pela fluorese pré-eruptiva, por cicatrizes de lesões e até mesmo pelo tratamento endodôntico. O clareamento dental consegue aliviar essas manchas e aproximar o sorriso da cor original.

O clareamento pode ser prejudicial à saúde?

Pode — e muito! —, quando não realizado com a orientação do dentista, já que somente esse profissional é qualificado para avaliar a saúde dos seus dentes e indicar o melhor tipo de clareamento, dose de peróxido de hidrogênio, tempo de uso, alimentos a serem evitados, cuidados após o clareamento etc.

Sem essas orientações, o paciente corre o risco de não ter um resultado tão bom, acabar provocando uma sensibilidade dolorosa ou reações fisiológicas do complexo dentino-pulpar e até mesmo de estragar as resinas antigas.

Ainda tem dúvidas sobre o clareamento dental? Deixe um comentário!

supreme_post

Recent Posts

Leave a Comment