Como cuidar da saúde bucal na terceira idade

 em Para idosos, Público em geral

Hoje em dia, não há quem não saiba pelo menos o básico sobre saúde bucal. Desde pequenos, somos incansavelmente instruídos sobre essa questão: escovar os dentes após as refeições, passar fio dental para garantir limpeza profunda, não abusar dos doces e, vez ou outra, usar um enxaguante para matar as bactérias. Entre as primeiras escovadas descoordenadas da infância ao uso firme e preciso do fio dental na vida adulta, aprendemos a importância de preservar nossos dentes e gengivas sadios. Mas e na terceira idade, como isso fica?

A partir dos sessenta anos, a dentição se torna mais frágil e desgastada, o que termina por aumentar a incidência de problemas e complicações bucais. Muita gente se surpreende, mas é perfeitamente possível manter a boca saudável depois dos sessenta anos. Quer sabe como? Continue a leitura e conheça algumas práticas que poderão deixar seus dentes e gengivas em um ótimo estado durante essa fase da vida.

Lidando com as cáries

Tal como acontece com os ossos, os dentes vão se tornando mais frágeis à medida que avançamos pela terceira idade. Por conta disso, é muito comum encontrar cáries em pessoas acima dos sessenta anos.

Para driblar esse problema, é essencial manter a escovação em dia, garantindo que cada cantinho da boca esteja sendo higienizado de forma correta. Invista no fio dental e, se possível, utilize uma pasta com flúor na composição. A substância é uma excelente aliada no combate às cáries e no fortalecimento do esmalte dos dentes.

Visite seu dentista

Com que frequência você vai ao consultório? Muita gente só procura ajuda de um profissional dos dentes quando percebe algum incômodo ou quando um problema aparece, só que isso é um erro grave. As consultas e limpezas rotineiras são essenciais para manter a saúde bucal independentemente da idade, mas acima dos sessenta anos isso se torna quase imperativo.

O ideal é visitar um dentista a cada seis meses ou um ano. Quanto mais cedo um problema for detectado, maior rápido poderá ser resolvido e menos consequências irá gerar. Fique de olho.

Dentes Sensíveis?

Você alguma vez sentiu incômodo ao tomar um sorvete muito gelado? Ou uma xícara de café fervendo? A sensibilidade nos dentes — causada por comidas muito frias, quentes, doces ou amargas — é um mal relativamente comum, que pode atingir todas as faixas etárias, sem exceção.

Na terceira idade, contudo, o problema muitas vezes se agrava. Nesses casos, uma boa opção é procurar por cremes dentais específicos para sensibilidade. Eles aliviam o desconforto e trazem bem-estar. Mas não se esqueça de consultar um especialista em paralelo: somente um dentista de confiança poderá detectar se existem doenças mais graves escondidas por detrás desse sintoma.

Escovação Correta

Pode parecer surpreendente, mas muita gente (adultos inclusive!) escova os dentes de maneira equivocada. Alguns aplicam força em demasia, o que pode causar danos e prejudicar a saúde bucal. Outros não massageiam a gengiva o suficiente, favorecendo o aparecimento de doenças como a gengivite.

Converse com o seu dentista para verificar se a sua escovação está sendo feito da forma correta. E nunca se esqueça do fio dental!

Invista na dentadura

Engana-se quem crê que a dentadura seja uma opção meramente estética. Dentes são essenciais ao bem-estar humano e a ausência deles pode gerar problemas de mastigação e de digestão. Nesse sentido, a dentadura é uma aliada importantíssima para conquistar a saúde bucal das pessoas acima de sessenta anos que, por uma razão ou outra, precisem substituir os dentes perdidos.

Se esse é o seu caso, procure saber mais sobre esse tipo de prótese e confira algumas dicas que poderão auxiliá-lo a escolher a dentadura correta para você. Mas lembre-se: para optar definitivamente por ela, é essencial contar com o apoio e a orientação de um profissional de confiança.

E então, gostou das nossas dicas? Escreva um comentário no campo abaixo e conte para a gente o que você faz para manter a sua higiene bucal em dia!

Publicações recentes

Deixe um comentário