Como é o processo de clareamento dental?

 em Público em geral

A busca pelo sorriso perfeito tornou uma técnica antiga da estética odontológica em uma das mais procuradas do mercado. O clareamento dental é a técnica que torna dentes mais brancos e brilhantes com a ajuda de componentes químicos. Ela é praticada deste 1989, quando foi desenvolvida para retirar manchas no esmalte do dente de indivíduos que se queixavam da queda da qualidade de seu sorriso. Como é muito prática e eficaz, ela se popularizou rapidamente e, graças ao avanço dos estudos na área, tem se adaptado a exigências da clientela, reduzindo os efeitos colaterais e facilitando ainda mais o alcance dos resultados imediatos.

Que tal entender um pouco mais sobre como funciona esta técnica?

Como funciona o clareamento dental?

O clareamento dental é, basicamente, uma reação de oxidação dos pigmentos encontrados no dente. O que acontece é que o gel clareador reage com os pigmentos que, geralmente, escurecem o esmalte do dente. A concentração de oxigênio encontrada no gel permite que este composto químico oxide a pigmentação amarelada, tornando sua apresentação em uma coloração mais clara.

Esta técnica pode ser feita de três maneiras: no consultório odontológico, em casa, ou associando os dois tipos de tratamento. No primeiro caso, quando a técnica é realizada em consultório, é possível associar o uso do gel clareador com a aplicação de laser ou led que ativam a ação destes compostos químicos, acelerando o clareamento. Quando a técnica é feita em casa, o paciente conta com a ajuda de uma molde de sua arcada dentária para aplicar o gel durante o período da noite, fazendo o controle do seu próprio clareamento. Na terceira técnica, que costuma ser a mais efetiva, existe a soma do trabalho realizado em consultório com o laser ou led e o ajuste final feito em casa com o uso do molde com gel clareador, que resulta em resultados mais rápidos e um maior acompanhamento profissional.

Qual técnica é a melhor?

A escolha da técnica de clareamento dental a ser realizada deve ser feita entre o cliente e o profissional de odontologia, já que vai se basear em fatores como o tempo hábil para visitar o consultório odontológico ou a necessidade de acompanhamento profissional contínuo no processo de clareamento. O importante é entender que, independentemente da técnica realizada para clareamento do seu dente, os resultados são igualmente satisfatórios.

Quais são os cuidados que devo ter após o clareamento dental?

Existe uma lista de cuidados que o paciente deve ter com a arcada dentária durante o procedimento de clareamento dental, e que deve ser mantida por um período de, pelo menos, um mês após o encerramento da técnica. Todos estes cuidados estão relacionados com hábitos que podem escurecer o esmalte do dente, atrapalhando todo o processo de clareamento. Por isto, durante a aplicação da técnica, evite fumar, tomar café, chá escuro ou bebidas escuras como suco de uva, refrigerantes de cola e vinho tinto, descarte o uso de enxaguantes bucais coloridos, e evite o consumo de alimentos com pigmentação forte como o açaí, o molho de tomate, a beterraba e muitos outros.

Qual é a durabilidade do procedimento?

O clareamento dental não é um procedimento que traz resultados eternos, já que a pigmentação do dente é consequência de boa parte dos nossos hábitos alimentares, do envelhecimento e de algumas tendências genéticas. Por isto, geralmente, a técnica tem que ser repetida anualmente, especialmente em indivíduos que consomem alimentos com coloração escura ou que fumam regularmente. Para indivíduos que não apresentam estes hábitos, o clareamento pode chegar a durar até três anos.

Existem riscos ou consequências na realização desta técnica?

O clareamento dental não prejudica a estrutura do dente, da arcada ou da gengiva, e é considerado uma técnica bastante segura. Alguns sintomas que podem ser encontrados durante o período do clareamento é um aumento da sensibilidade dos dentes, com bebidas frias ou quentes, mas que é considerada temporária. É raro encontrar casos de dor extrema, mas se isto acontecer o uso do analgésico costuma resolver o problema. O paciente deve estar atento ao aparecimento de qualquer sintoma suspeito, informando imediatamente o profissional odontologista no caso de qualquer incômodo durante ou após o procedimento de clareamento.

A técnica de clareamento pode ser realizada em qualquer indivíduo acima dos 15 anos de idade, sem restrição a pacientes que apresentam resinas, implantes ou coroas de porcelana. As únicas pessoas que são desencorajadas a realizar esta técnica são indivíduos com doenças gengivais, patologias odontológicas, gestantes e crianças.

Se você ainda tem alguma dúvida em relação ao uso da técnica de clareamento dental para melhorar a estética do seu sorriso, entre em contato com a gente no espaço para comentários localizado abaixo!

Publicações recentes

Deixe um comentário