Conheça as principais causas de feridas na boca e seus tratamentos

 em Dia-a-dia, Público em geral

Uma ferida na boca merece muita atenção. A saúde dessa região é intimamente ligada à do organismo com um todo. Como é um local constantemente incomodado por bactérias, fungos e vírus — qualquer machucado está exposto à infecções.

Não só os micro-organismos presentes em nosso corpo são um problema, os transmitidos por outras pessoas também. Uma boca machucada está exposta à contaminações e aumenta o risco de contrair uma DST.

Vamos explicar aqui quais as principais causas e tratamentos para essas feridas, já que todo cuidado é pouco, principalmente quando se trata de saúde bucal.

Placa bacteriana

O termo denomina o conjunto de micro-organismos que habitam a mucosa, os dentes e outras partes da boca, formando um ecossistema chamado também de biofilme. Pode ser a causa de alguns problemas bucais, como cáries, gengivites ou a periodontite.

Geralmente, são alterações de fácil administração. Mas, há também o risco dessas bactérias ocuparem outras partes do corpo, penetrando na corrente sanguínea ou nos tecidos, causando, então, inflamações.

A melhor forma de lidar com essa questão é a prevenção, que pode ser feita com uma higiene bucal eficiente, escovando os dentes ao menos três vezes ao dia e usando fio dental. Entretanto, se o acúmulo de bactérias estiver avançado, é possível combatê-las com produtos específicos e com uma limpeza realizada pelo dentista.

Feridas na boca causadas por fungos

Outra causa comum de machucados é a candidíase. Quando a imunidade do corpo fica muito baixa, os fungos atacam, provocando a infecção. Se o paciente enfrentou um tratamento de câncer, possui diabetes ou HIV positivo fica ainda mais vulnerável a essa contaminação.

Para combater a doença, basta administrar medicamentos antifúngicos prescritos por um profissional de saúde.

Alimentação

Há pessoas que têm sensibilidade a determinados alimentos picantes, ácidos e salgados, sofrendo com aftas na boca ao ingeri-los. Além disso, a deficiência de algum nutriente também pode causar lesões, como a vitamina B.

São feridas que costumam desaparecer sozinhas, porém a situação pode ser administrada com analgésicos, para que o paciente não sinta muito desconforto. Mesmo sarados os machucados, é necessário descobrir qual o alimento que causa a sensibilidade para que a pessoa não volte a ter isso.

O vírus (HSV)-1

O micro-organismo é o agente transmissor da herpes labial, doença extremamente contagiosa e, por isso, comum. Causa bolhas dolorosas na boca e possui outros sintomas que podem ser confundidos com gripes ou resfriados.

A herpes não tem cura, podendo voltar a ocorrer quando o corpo estiver vulnerável. Entretanto, suas aparições podem ser remediadas com medicamentos antivirais e analgésicos.

Estresse também causa feridas na boca

A boca não sofre apenas com contaminações de bactérias, fungos e vírus. O estresse do dia a dia também pode causar pequenas lesões. O corpo submetido a tensões fica com a imunidade comprometida, facilitando as contaminações e surgimento de aftas.

Para evitar essas consequências, é recomendável cuidar do corpo e da mente: dormir bem, comer de forma equilibrada, não ficar pensando nos problemas de forma exaustiva e praticar exercícios físicos.

Doenças mais graves

A causa de feridas na boca pode estar em problemas sérios do organismo, como o câncer de boca ou diabetes. Se os machucados persistirem após duas semanas, pode significar um desses males. Controlando e tratando as doenças, a saúde bucal se restabelece.

Agora que você já conhece as principais causas e tratamentos de feridas na boca, o melhor remédio é prevenir. Cuida da higiene bucal e do bem-estar do seu corpo como um todo e compartilhe esse artigo nas redes sociais para que mais pessoas evitem esse mal.

Publicações recentes

Deixe um comentário