Escovação infantil: 5 dicas para ensinar as crianças a se cuidarem

 In Dia-a-dia, Para seus filhos

Nem sempre as crianças vão querer escovar os dentes. Quando isso acontecer, saiba o que fazer. Leia e confira!

A saúde bucal das crianças é sempre uma responsabilidade dos pais. Nos primeiros anos, os pequenos são incapazes de cuidar dos dentes por conta própria, pois eles ainda não têm a coordenação necessária. A escovação infantil vai ser desenvolvida ao longo do crescimento deles, mas sempre com o acompanhamento de um adulto.

Criar o hábito da escovação não é uma tarefa fácil, mas pode e deve ser feita. Neste artigo, listamos cinco dicas para pais que querem ensinar os filhos a se cuidarem. Confira:

1. Crie o hábito da escovação o mais cedo possível

O mais importante para a saúde bucal é a criação do hábito. E isso deve começar a acontecer o mais cedo possível: quando os filhos ainda são bebês e nascem os primeiros dentinhos.

Nessa época, os pais devem limpar a cavidade bucal com uma gaze umedecida após cada amamentação. Além disso, precisam escovar, com muita delicadeza, os primeiros dentes dos filhos.

Aos dois anos de idade, os pequenos já tem um pouco de coordenação motora e é hora de ensinar a escovação na prática, sempre após as refeições. Mas é fundamental que, depois de cada treinamento, os adultos escovem mais uma vez os dentes dos filhos.

2. Seja um exemplo para a escovação infantil

Crianças usam sempre os pais como exemplo. Se eles não cuidam bem dos dentes, certamente os filhos não vão cuidar também. É importante que o adulto tenha uma rotina de escovação e fio dental regular, pois isso servirá como modelo para os pequenos.

A criança vai sempre observar se os pais praticam aquilo que estão dizendo, portanto, além de orientar os filhos, escove os dentes e passe o fio dental sempre, para motivá-los a fazer uma higiene adequada.

3. Escove os dentes junto das crianças

Especialmente quando os filhos estão menores, é importante que os pais estejam sempre com eles na hora da higiene bucal. A presença dos adultos ajuda a criar o hábito, pois além de monitorar se as crianças estão fazendo a escovação correta, eles servem como modelo direto para elas.

Os pais podem e devem reforçar a higiene bucal dos filhos, especialmente quando eles são menores e, ainda, não têm toda a coordenação para realizar o processo.

4. Explique bem porque é preciso escovar os dentes

As crianças só se sentem engajadas em uma atividade quando compreendem o propósito dela. É fundamental que os filhos tenham uma orientação dos pais, além da do odontopediatra. Eles precisam entender o porquê é importante escovar e quais as consequências quando isso não é feito.

A criança não precisa ter uma cárie para saber que ela é ruim. Os pais podem se informar mais sobre o assunto da higiene bucal e mostrar exemplos dos danos da escovação mal-feita para os pequenos.

5. Crie atividades lúdicas para incentivar a escovação

Escovar os dentes não precisa ser chato. Com equipamentos voltados para o público infantil e brincadeiras criativas, os pais podem incentivar as crianças a tomar gosto pela atividade e, então, criar o hábito ao longo do tempo.

Competições, histórias e recompensas para uma escovação bem-feita são algumas das estratégias que os adultos podem utilizar para incentivar a escovação infantil.

Gostou destas dicas para ajudar a criação do hábito da escovação infantil? Aproveite, então, para seguir nosso Facebook, Instagram e YouTube e fique por dentro dos melhores conteúdos de saúde bucal!

Recent Posts

Leave a Comment