Escovas de dente na cesta básica já!

 In Público em geral

Desculpem!… esqueci que o brasileiro deve ESCOVAR os dentes,não “bochechar” com pasta…

Não há como deixar de aplaudir o pequeno passo da Presidente Dilma e do seu governo, para tentar conter a inflação através de estímulos que desoneram a cesta básica do brasileiro, agregando real valor aos interesses da sociedade.

Após se ocuparem em privilegiar grandes incentivos econômicos para as empreiteiras, a indústria automobilística e de eletrodomésticos – curiosamente segmentos responsáveis pelas parcelas mais significativas de financiamento das campanhas eleitorais, o governo parece ter voltado os olhos para algo que faz mais sentido ao povo, leia-se “ítens de primeira necessidade”.

De acordo com o Diário Oficial da União, aumentaram os itens que compõem a cesta básica e a lista de produtos que terão impostos federais reduzidos à zero, são eles:

Carnes (bovina, suína, aves e peixe), arroz, feijão, ovo, café , leite integral, farinhas, pão, óleo, manteiga, frutas, legumes, sabonete, papel higiênico, pasta de dentes e açúcar.

Parte desses produtos já estava isenta de Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) e agora estão liberados da alíquota de 9,35% de PIS/COFINS.

Como profissional de saúde e cirurgião-dentista, juntei os dois itens mais representativos, sob meu ponto de vista, das incongruências na aplicação dessa benesse (pasta de dentes e açúcar).

Considerando que a presidente não deva ter sido alertada para o significado do “termo promoção de saúde”, ou não tenha avaliado que a decisão tomada por ela e Guido Mantega, sequer se deu ao “trabalho” de buscar um parecer do seu ministro da saúde,para que tivesse uma coerência nas escolhas, me proponho a ajudá-los na reparação dos erros absurdos cometidos nessa montagem da cesta básica e dos seus itens “dignos de incentivo federal”.

De que adianta uma “cesta básica” que favorece a compra de pasta de dentes, se o item mais importante da higiene bucal é esquecido, cito as escovas e o fio dental ?

Que grande benefício é esse, prezada Presidente?

Para dar base científica a crítica, “reapresento ao povo” um breve resumo do estudo de mestrado da Dra. Symonne Parizzoto, de 1999, disponível na Biblioteca da Universidade de São Paulo para consulta, tal qual pelo link: http://migre.me/dNeSv

No estudo, a autora avaliou a eficácia da escovação dental em 32 crianças, de 4 a 6 anos de idade, que utilizaram dois tipos de escovas, com ou sem o uso de dentifrício, como coadjuvante na escovação. Seguindo critérios científicos de avaliação da quantidade de bactérias ainda presentes nos dentes após a escovação, percebeu que “não houveram diferenças significantes na remoção da placa bacteriana” ( capacidade de higiene dos dentes) em relação ao uso ou não do dentifrício, permitindo, deste modo, concluir que O DENTIFRÍCIO não exerce papel preponderante no controle mecânico da placa bacteriana que se acumula regularmente sobre os dentes…

Ou seja, estimada presidente Dilma, não adianta nada incentivar o consumo do ator coadjuvante “pasta de dentes”, sem valorizar o dos atores principais ” escovas e fio dental”, para o bem da nossa população. Isso não significa que a pasta não tenha valor, mas ele não pode superar o das escovas e do fio dental quanto ao ganho proporcionado as pessoas, muito menos na elaboração de incentivos a cesta básica…

Já o açúcar deveria ser visto com o mesmo “pente fino” do cigarro e não como item digno de incentivo fiscal. Seu histórico de danos a saúde, o qualifica mais como vilão do que como mocinho ao longo dos tempos…

Recomendo a todos a leitura do velho livro SUGAR BLUES, para que conheçam a história dos transtornos associados ao uso abusivo do açúcar refinado pela sociedade. Notem que não estou me referindo apenas aos riscos dentários, que fique claro.

Como se vê, não basta anunciar aparentes benesses sem, ao menos, considerar o impacto que trazem a sociedade que representam. Por favor, Presidente, reveja os incentivos e beneficie verdadeiramente a promoção de saúde do povo que a Sra. comanda…

Meu voto vai para a inclusão da escova e do fio dental na cesta básica, com incentivos, e pela reavaliação do incentivo dado ao açúcar refinado, e o seu ?

Recent Posts

Leave a Comment