Férias é tempo de cuidar da saúde bucal

 em Público em geral

Férias é tempo de brincar, viajar, se divertir e repousar. Mas também é tempo de cuidar da saúde bucal. Dados da Associação Brasileira de Odontologia (ABO), Secção Ceará, apontam que, neste período, a procura por esse serviços é 40% maior. José Barbosa Porto, presidente da Associação, explica que no mês de dezembro o movimento é fraco, por causa do Natal e Ano Novo. Em janeiro, no entanto, tem um aumento considerável. “É uma preocupação dos pais que a criança comece o ano bem assistida”. Mas adverte: isso não é uma regra. Pois muitos pais têm esse cuidado durante todo o ano.

Porto, que também é presidente do Conselho Deliberativo Nacional das ABO´s, destaca que quem tem os dentes saudáveis desenvolve a auto estima. “Os dentes são o sorriso da alma”, como enfatiza. Portanto, medidas preventivas e uma escovação bem feita são essenciais para evitar cáries. “Com duas escovações por dia, uma após o café da manhã e outra antes de dormir, pode-se reduzir em mais de 70% o índice de cáries. Não é depois do jantar, mas antes de dormir. É nesta hora que precisamos de uma maior proteção bucal”.

Já no Centro de Especialização Odontológica (CEO), do Centro da Cidade, a procura pelos serviços aumentou 30% neste período, informa Fátima Fernandes Monteiro Cruz, diretora geral da unidade.

Em média, 500 a 600 consultas são realizadas diariamente na unidade. Somente no setor de odontopediatria, são 2.600 atendimentos mensais. As vagas são disponibilizadas pela Central de Marcação da Prefeitura de Fortaleza, que faz a distribuição noss Postos de Saúde. O agendamento é feito de acordo com a ordem de chegada. Algumas mães mais atentas, no entanto, marcaram as consultas com antecedência, para coincidir com as férias escolares.

Preguiça

“É melhor, porque eles não perdem aula”, explica a auxiliar de dentista, Nídia de Paula da Silva, 29. Ela estava ontem, no CEO Centro, com o filho Isaías Rubens, de sete anos, aguardando ser atendida. Sem fazer cerimônia, o pequeno disse que não gostar de escovar os dentes, porque tem preguiça. Mas, ao contrário de grande parte das crianças, falou não temer o dentista.

Para manter a saúde bucal em dia o recomendável é usar uma boa escova de dente – nem muito dura e nem muito macia – e uma boa técnica de escovação, sempre como se estivesse varrendo, não com força, mas massageando a gengiva, em movimentos horizontais de rotação. As dicas são do presidente da ABO José Barbosa Porto.

Algumas guloseimas – como doces, balas, chicletes, bombons e refrigerantes – devem ser evitados. “A maioria dos problemas bucais acontecem devido à cárie”, alerta Fátima Fernandes Monteiro Cruz, diretora geral do CEO Centro. Ela complementa: “Não é que a criança não possa comer doces, mas após ingerir o alimento deverá, de pronto, escovar os dentes”. Chama atenção ainda para a cárie de mamadeira. “É muito comum a mãe dar a mamadeira com a criança dormindo e, somente no dia seguinte, a criança vai escovar os dentes”

Fonte: Odontosites

Publicações recentes