Higiene bucal é o “grande barato” dos sorrisos.

 In Profissionais da saúde
 Olá amigos,Segue a reprodução de entrevista concedida pela nossa consultoria de assuntos do blog ADORO SORRIR ao portal Terra. Nela falamos de cuidados bucais e caminhos para uma estética mais acessível a todos.O que fazer quando os dentes estão ficando amarelados e não há tempo nem dinheiro para um clareamento?

Muitas vezes pacientes deixam de ir ao dentista para fazer um clareamento, pois entendem que o mesmo custa caro, apesar de estarem insatisfeitos com o tom amarelo de seus dentes.

Mesmo assim, recomendo que procure o dentista e explique a situação. Em boa parte das vezes aquele tom amarelado excessivo melhora muito, apenas, com a limpeza profissional (polimentos) e a sessão de periodontia (raspagem e eliminação de tártaro dos dentes),o que pode representar custo menor e uma satisfação ainda maior ao paciente por estar relacionada a um cuidado que além da melhora estética proporcionada. De fato ele acaba favorecendo a saúde.

Na outra ponta recomenda-se reforço na higiene bucal, incluindo a melhor higiene dos espaços entre dentes, com fio e escovas interdentais (molhadas na pasta de dentes) ajuda a diminuir os depósitos amarelados e mais bactérias da boca.

Essa dica é bem mais eficaz do que pastas clareadoras e gomas de mascar que prometem o mesmo, mas não conseguem atuar devido ao grande acúmulo de bactérias sobre os dentes, devido a constante má higiene bucal que leva ao crescimento e endurecimento dos depósitos de bactérias nos dentes.

O que fazer para manter uma aparência saudável nos dentes?

Uma Higiene que valorize a escovação na mesma proporção da limpeza dos vãos dos dentes, com fio e/ou escovas interdentais. Uma higiene completa, favorece uma estética mais completa dos dentes, e o melhor ,com saúde.

Quais cuidados tomar para que o sorriso fique sempre bem apresentável?

Visitas regulares ao dentista, a cada 6 meses no máximo, seguidas de regularidade e capricho na higiene bucal diária, de duas a tres vezes ao dia. Bochechos e outros complementos devem ser recomendados pelo dentista. Isso reduz as chances do uso abusivo ou impróprio de recursos que não são indicados a determinadas situações e pacientes.

Quais procedimentos em consultório podem ser mais baratos e “paliativos” enquanto não se tem dinheiro?

Como dito anteriormente, as visitas periódicas para controle e manutenção da saúde que permitam ao dentista, no mínimo, checar o estado da boca, alertar para riscos e problemas e praticar uma sessão de cuidados profissionais, incluindo raspagens, polimentos e aplicações de flúor (quando indicado).

Quais as dicas para manter um sorriso saudável depois de feitos os procedimentos?

Manter a disciplina dos cuidados diários recomendados pelos dentistas e procurá-lo ao menor sintoma de desconforto ou que gere dúvidas, prevenir é sempre mais barato que tratar. Esse é o segredo do sucesso.

Quais ingredientes são grandes aliados dos dentes, para serem usados em procedimentos em casa?

Antes de tudo, investir em boas escovas, bons fios, bons limpadores de língua. Depois um creme dental que atenda o perfil do paciente, e finalmente, se assim o dentista sugerir, um bochecho que complemente o cuidado caseiro.

A íntegra da matéria você poderá conferir no portal: http://migre.me/fJ0yC

Recent Posts