Higiene bucal na gravidez: o que muda?

 In Público em geral

Durante a gravidez, ocorrem diversas alterações no organismo da mulher, não apenas aquelas que são vistas externamente em seu corpo. Por causa disso, vários cuidados precisam ser tomados para que, ao final do período, tanto a mãe como o bebê estejam saudáveis. O que muita gente não sabe é que a saúde da boca também sofre interferências durante a gravidez, o que exige que a higiene bucal seja ainda mais cuidadosa. Entenda os motivos no post de hoje!

O que muda durante a gravidez

As primeiras alterações no organismo de uma gestante dizem respeito aos hormônios, com grande aumento no nível de estrogênio e progesterona, o que pode facilitar o desenvolvimento de inflamações por promover a dilatação dos vasos sanguíneos dos tecidos da gengiva.

Além disso, muitas mulheres mudam seus hábitos alimentares durante a gravidez, aumentando a frequência da ingestão de alimentos, sem aumentar a frequência da higiene bucal.

Algumas gestantes, inclusive, sentem muito enjoo e acabam vomitando ao escovar os dentes. Os vômitos mudam o pH da saliva, que se torna mais ácida, o que pode ocasionar em um ambiente mais propício para o desenvolvimento de cáries.

A saúde bucal da mãe afeta a saúde do bebê?

Sim. Estudos apontam que uma infecção gengival em uma gestante pode ocasionar parto prematuro e recém-nascido com baixo peso, já que as bactérias presentes na boca podem migrar para o líquido amniótico através da corrente sanguínea e também estimular a produção da substância prostaglandina, que provoca contrações no útero.

Além disso, problemas periodontais podem dificultar o controle de algumas doenças na gestante, como o diabetes, o que pode afetar negativamente o bebê.

Cuidados com a higiene bucal

As gestantes devem evitar refrigerantes, bem como doces e guloseimas, preferindo sempre uma alimentação mais saudável, com frutas, verduras e legumes, sem deixar faltar alimentos ricos em cálcio e vitamina B, tanto para um bom desenvolvimento do bebê quanto para reduzir os riscos de cáries.

É importante sempre escovar bem os dentes após os episódios de vômitos e, se possível, bochechar com água e bicarbonato.

Uma higienização caprichada, com o uso correto de escova e fio dental, aliada à dieta adequada e acompanhamento odontológico irá garantir a saúde bucal durante a gravidez.

Pré-natal odontológico

Durante muito tempo, falou-se que era proibido tratar dos dentes durante a gestação, por causa das radiografias e anestesias, mas isso não é verdade. Pelo contrário, é importante fazer um acompanhamento odontológico durante a gravidez, chamado pré-natal odontológico, para prevenção e, caso seja necessário, tratamento de problemas bucais. Durante esse acompanhamento, as gestantes recebem orientações sobre as melhores formas de cuidar da saúde bucal e podem fazer limpezas cuidadosas no consultório, para evitar a formação de placa bacteriana.

Em casos de gravidez planejada, recomenda-se um check-up prévio para que possíveis tratamentos necessários sejam feitos antes da gestação. Apesar disso, caso haja necessidade de tratamentos durante a gravidez, é possível fazê-los após o terceiro trimestre, com o cuidado de que não sejam usados anestésicos com substâncias vasoconstritoras e as radiografias sejam feitas com uso do colete de chumbo para proteção da mãe e do bebê.

Agora que você já sabe sobre a importância de uma cuidadosa higiene bucal durante a gravidez, confira nosso post sobre como prevenir cáries nos bebês!

supreme_post

Recent Posts
Showing 2 comments
  • LEYLHA MARIA NUNES ROSSETTI
    Responder

    Muito bom texto. Sugiro apenas rever a contra-indicação do uso de anestésicos com vasoconstritores. Pois, os anestésicos sem vasoconstritores, agem por muito menos tempo, espalham-se pelo corpo da grávida e necessitam que maior quantidade de anestésico seja utilizada. Muitas vezes com apenas um tubete de anestésico com vasoconstritor, executa-se o procedimento com muito menor risco à grávida e ao bebê.

    • TePe
      Responder

      Olá Leylha. Obrigado por visitar o site da TePe. Nossos artigos são feitos por uma equipe qualificada e que escrevem através de pesquisas. Nós analisaremos o caso e passaremos para a equipe responsável.

Leave a Comment