Limpeza profissional ou tratamento periodontal?

 In Público em geral

É a reflexão que proponho aos pacientes e profissionais de saúde. Toda a base da nossa terapia dentária está centrada no diagnóstico e no tratamento das doenças da boca, dentre as mais comuns estão as cáries e, especialmente, a doença periodontal.

A doença periodontal, popularmente conhecida como das gengivas, está associada com um acúmulo de bactérias sobre os dentes, principalmente na região de união dos dentes com as gengivas, sem adequada remoção ao longo do tempo.

Essas bactérias tem a capacidade de adentrar esse espaço, das gengivas com seus dentes, para se desenvolverem e proliferarem neste ambiente de falta de oxigênio,comum a região interna das gengivas, mantendo-se apoiadas na superfícies dos dentes cobertas pelas gengivas.

Escondidas neste “casulo” sensibilizam nosso organismo ao ponto deste recrutar defesas para tentar combater essa “invasão inimiga” das bactérias para o interior do teu corpo. Neste momento as células de defesa e as substâncias inflamatórias oriundas dessa guerra das suas defesas com as bactérias, conforme seu grau de atuação e o tempo de exposição dos teus dentes e gengivas a esse acumulo bacteriano, podem variar na sua “agressividade contra os inimigos”, chegando ao ponto de comprometer o próprio osso daquele organismo de onde provém. Ou seja o organismo acaba se mutilando para se defender da invasão das bactérias agressoras da placa bacteriana.

O tratamento depende da remoção da causa dessa complexa reação biológica do nosso organismo. Mesmo assim muita gente pensa e minimiza o tratamento periodontal sem se dar conta de tudo o que envolve ou representa para a nossa saúde.

Pior é quando a situação é complexa, dependemos de algumas sessões de boa terapia para raspagem e descontaminação profissional das áreas infectadas e comprometidas pela doença periodontal mais destrutiva do osso, as periodontites, e os pacientes cobram a realização de tudo isso rapidamente tal qual a faxina “vapt-vupt” de um comodo de hotel ou da fachada de um prédio.

Precisamos compreender melhor antes de estabelecer critérios para tempo e tratamento da doença periodontal…

Não podia deixar de lembrar que tratar disso tudo dá certo, desde que os pacientes passem a higienizar com qualidade e regularidade suas respectivas bocas.

Ou você acha que tudo não passa de um “conto das mil e uma noites”, como sugere a ilustração da foto, especialmente se houver DOENÇA PERIODONTAL?

Recent Posts

Leave a Comment