Manchas vermelhas no céu da boca? Entenda o que pode causar isso!

 In Público em geral

Manchas vermelhas no céu da boca é um sintoma mais comum do que se imagina. Mas afinal, o que causa isso? Descubra!

Ao escovar os dentes, você percebeu manchas vermelhas no céu da boca, mas não sabe ao certo o que pode ser isso? Perguntou aos amigos e familiares sobre possíveis causas para o problema, mas ninguém soube orientar você adequadamente? Então confira o nosso post com o que você precisa saber a respeito do assunto!

O que são as manchas vermelhas no céu da boca?

As manchas vermelhas no céu da boca podem ter não apenas uma, mas várias origens, como infecções, ulcerações etc. Além disso, há aquelas que são assintomáticas e as que são sintomáticas — que causam dor e desconforto especialmente na ingestão de líquidos e alimentos.

Por essa razão, é importante acompanhar se ocorrem outros sintomas, como febre e dor, e se em vez de diminuir elas aumentam com o tempo, causando incômodo e impedindo de exercer atividades comuns do seu dia a dia.

Quais são as causas das manchas vermelhas?

Abaixo, nós reunimos as principais causas ligadas ao aparecimento das manchas vermelhas no céu da boca. São elas:

Candidíase bucal (sapinho)

A candidíase oral, conhecida popularmente como sapinho, é uma infecção causada por fungos que atinge, principalmente, crianças e idosos. Além disso, diabéticos, pessoas com imunodeficiência e aqueles que fazem uso de prótese dentária também apresentam a doença com mais frequência.

Sintomas

  • manchas brancas ou vermelhas nas bochechas, gengivas e céu da boca;
  • diminuição gradativa do paladar;
  • dor de garganta;

Tratamento

Realização de bochechos e uso de antimicóticos por via oral.

Aftas

Bastante populares, as aftas são pequenas úlceras que ocorrem na mucosa da boca, na língua, nas gengivas e, embora menos comum, no céu da boca. Algumas são ocasionadas por mordidas e machucados enquanto outras têm a origem ligada ao estresse ou ao sistema imunológico debilitado.

Sintomas

  • pequenas bolhas vermelhas que ficam com a borda esbranquiçada;
  • dor e hipersensibilidade local;

Tratamento

Bochechos com anti-inflamatórios e analgésicos. Contudo, apesar do desconforto, as aftas desaparecem naturalmente em até 14 dias. Caso elas persistam e apareçam em grande quantidade, é importante procurar um dentista.

Coxsackievirus (doença mão-pé-boca)

Também chamada de doença mão-pé-boca, o coxsackievirus é um problema que afeta, em especial, crianças de até cinco anos. Geralmente, é adquirida pelo contato com brinquedos e objetos ou ingestão de alimentos contaminados com o vírus.

Sintomas

  • febre e dor concomitantes;
  • dor de garganta;
  • manchas vermelhas e bolhas nas amígdalas e no céu da boca;

Tratamento

É feito uso de analgésicos, anti-inflamatórios e antitérmicos. Enxaguantes bucais também podem ser indicados pelo dentista.

Mononucleose (doença do beijo)

Adquirida pelo contato com a saliva de alguém contaminado — justamente por isso recebe o nome de doença do beijo —, a mononucleose é uma infecção viral que pode acometer uma pessoa por até duas semanas.

Sintomas

  • dor de garganta;
  • indisposição e mal-estar;
  • aumento dos gânglios do pescoço;
  • manchas vermelhas ou brancas na garganta e amígdalas;

Tratamento

É feito uso de anti-inflamatórios, analgésicos e antipiréticos.

Estomatite nicotínica

A estomatite nicotínica, por sua vez, é um quadro clínico associado ao fumo frequente, seja de cigarro, cachimbo ou charuto. Ela também é conhecida como palato de fumante/nicotina.

Sintomas

  • inflamação no céu da boca;
  • surgimento de bolhas na gengiva e amígdalas;
  • dificuldade de deglutição;

Tratamento

Não há necessidade de ingestão de remédios, apenas a suspensão do hábito de fumar.

Câncer bucal

Por último, há o câncer bucal que está ligado a hábitos tabagistas e a má higiene na região. Segundo estimativa do INCA, o Instituto Nacional de Câncer, atinge mais de 15 mil pessoas anualmente.

Sintomas

  • dificuldade de deglutição e de fala;
  • halitose permanente;
  • dores faciais e na mandíbula;
  • manchas vermelhas ou brancas na boca;

Tratamento

Dependerá, principalmente, da área em que se encontra e da extensão do tumor. Porém, a radioterapia e intervenção cirúrgica são os principais modos de tratar a doença.

Como fazer o autoexame bucal?

Como você leu, as razões por trás das manchas vermelhas no céu da boca são bastante diversas. Por essa razão, é importante realizar um autoexame bucal para identificar eventuais alterações na região. O procedimento não apenas é fácil, como também bastante simples e não dura mais do que poucos minutos.

Você pode fazê-lo pela manhã ao acordar ou antes de dormir, por exemplo. Apenas é necessário que o ambiente escolhido seja bem iluminado e que, na sua frente, esteja um espelho médio ou grande. Abaixo, nós ensinamos o passo a passo:

1º passo: bochechas

Diante do espelho, abra bem a boca. Com ajuda dos dedos, afaste levemente, sem pressionar ou apertar, uma bochecha por vez. Analise-as à procura de qualquer alteração, como manchas, bolhas ou machucados. Feito isso, apalpe ambas e repare se você sente alguma ondulação, inchaço ou caroço.

2º passo: lábios

Em primeiro lugar, procure por rachaduras ou feridas na área externa. Depois, com os dedos, puxe cada um dos lábios e examine a parte interna deles. Veja se há bolhas, cortes, manchas ou indício de sangramento. Concluído isso, apalpe-os e veja se há sinal de dor ou a presença de inchaços e caroços.

3º passo: língua

Ao examinar a língua, veja se há rachaduras, feridas e presença de placas de coloração esbranquiçada sobre a mesma. Mova-a para os lados para assegurar que não há nenhuma lesão nas laterais.

Em seguida, levante-a até tocar o céu da boca. Com isso, analise a parte inferior dela e ateste se há feridas, bolhas ou inchaços. Também é importante tocar essa região, conhecida como assoalho, com a ponta do dedo para identificar caroços ou granulações.

4º passo: gengivas

Com o auxílio, mais uma vez, dos dedos, levante os lábios e afaste as bochechas. À medida que faz isso, repare se a coloração está avermelhada ou esbranquiçada e se há sangramentos ou inchaços.

Depois disso, feche os lábios e com a ponta de um dedo pressione levemente toda a região da gengiva. Fique atento caso você sinta algum desconforto, dor ou sensibilidade exacerbada.

5º passo: dentes

Primeiramente, dê um sorriso. Ao fazer isso, confira a posição dos dentes, ou seja, se os de cima cobrem os de baixo ou vice-versa. Depois, abra bem a boca e verifique há manchas, pequenos buracos/fraturas ou placas cobrindo parte ou integralmente alguns deles.

6º passo: amígdalas e úvula

Veja se elas encontram-se inchadas, avermelhadas, com presença de pus nos arredores ou placas brancas sobre elas. Aproveite o momento e, ainda com a boca aberta, diga “aaaaaaaaaaah”. Veja se, com isso, há alguma elevação ou aumento imediato nas amígdalas.

Entre ambas, estará a úvula. Lembre-se de dedicar alguns segundos a ela. Por isso, procure por um possível inchaço, vermelhidão ou bolha.

7º passo: céu da boca

Por último, é hora de analisar o céu da boca. Aqui é importante que, além de abrir a boca, você recline a cabeça para, assim, observar todo o interior. A partir disso, será possível detectar manchas ou feridas.

Agora que você já sabe mais sobre manchas vermelhas no céu da boca e como fazer o autoexame bucal, não deixe de realizá-lo pelo menos uma vez por semana e, é claro, ensiná-lo ao resto da sua família. Fora isso, lembre-se sempre que ao notar qualquer uma das anormalidades citadas ao longo deste texto, não deixe de procurar um dentista!

Gostou de saber mais sobre o tema? Então aproveite e descubra quando a dor de cabeça é por causa dos dentes!

Recent Posts
Showing 14 comments
  • Nathã Medeiros
    Responder

    Estou com a garganta inflamada a dois dias, e hoje percebi que estou com algumas manchas vermelhas no céu da boca, essas manchas podem ter sido ocasionadas pela infecção?

    • TePe
      Responder

      Olá, Nathã. As manchas vermelhas no céu da boca podem ter, ou não, relação com o sintoma mencionado. Somente um médico ou um dentista poderão analisar o seu caso e recomendar o procedimento adequado para sua situação.

  • Wellington
    Responder

    Boa tarde estou com uma bolha no céu da boca faz um mês ela não dói quando estoura com 3 dias ela volta oque pode ser???

    • TePe
      Responder

      Olá, Wellington. A bolha no céu da boca pode estar relacionada a diversos fatores. Não faça nenhum procedimento por conta própria. O recomendado é ir ao médico para que seja analisado o seu caso e feito o procedimento correto para a sua situação.

      • Fernanda
        Responder

        Boa noite, você descobriu o que pode ser essa bolha? tenho o mesmo sintoma que você, já faz mais de um mês.

  • Luisa
    Responder

    Por favor, tomem cuidado ao se autodiagnosticarem com alguma doença, pois eu estou também com essas manchas vermelhas, como se fossem bolinhas no fundo do céu da boca. Acabei descobrindo que foi por causa da pasta de dente que fiquei desse jeito. Evitem as pastas de dente com clareador!

  • Neusa
    Responder

    Boa noite.
    Extrai um dente pre molar que estava inflamado na raiz, um dia depois da extracao surgiu uma mancha vermelha no ceu da boca na direccao donde estava o dente extraido, encomoda um pouco.
    Gostaria de saber se pode ser algo grave.

    • TePe
      Responder

      Olá, Neusa. O seu caso é específico e há a necessidade de uma análise mais precisa feita por um médico.

  • Gabriela
    Responder

    olá estou a um tempo com o com o palto região proximo a garganta com duas manchas avermelhas sem sintomas o que pode ser?

    • TePe
      Responder

      Olá, Gabriela. Se os sintomas forem constantes procure um médico para seja melhor analisado o seu caso.

  • Talita
    Responder

    Olá há algum tempo sinto uma bolinha vermelha dolorida ao lado da úvula, e sinto como se algo estivesse preso na garganta. Às vezes melhora um pouco a dorzinha mas depois volta. Gostaria de sua opinião. Obrigada.

    • TePe
      Responder

      Olá, Talita. A causa deste sintoma pode ser diversa. Há a necessidade de uma análise mais precisa do seu caso. Somente um médico poderá analisar e recomendar o procedimento adequado para sua situação.

  • Luana
    Responder

    Boa noite, esse fim de semana tive febre (estou com gripe)…
    No céu da minha boca está como se estivesse queimado… E isso incomoda !
    Nao sei se isso é da febre…
    Gostaria de uma opinião! !!

    • TePe
      Responder

      Olá, Luana. Pode estar relacionado à gripe. Se persistirem os sintomas procure um médico para que possa ser analisado o seu caso.

Leave a Comment