Mau hálito nunca mais! Siga nossas dicas e acabe com esse incômodo

 em Profissionais da saúde, Público em geral

O mau hálito, também chamado de halitose, é um problema desagradável. Ele pode afetar não apenas a vida amorosa de quem o tem, como também criar situações embaraçosas no dia a dia de trabalho, com amigos e até estranhos.

Embora cercado de lendas e mitos, com o auxílio do conhecimento científico e de dicas simples podemos acabar com ou minimizar muito o mau hálito. Se você sofre dele ou conhece alguém que sofra, leia atentamente esse texto. Curá-lo fará toda a diferença na autoestima e autoconfiança de qualquer indivíduo. Confira a seguir.

Não bana os carboidratos

Quando você restringe completamente um grupo alimentar, provavelmente não está em uma dieta saudável. Em uma dieta em que se cortam os carboidratos, o mau hálito aparecerá como um efeito colateral. Sem estoques de glicose, o corpo começa a obter energia quebrando a gordura acumulada, num processo chamado cetose, dando um cheiro terrível à respiração da pessoa.

Fuja do cafezinho

Aquele cafezinho inocente do dia a dia pode ser seu maior inimigo. Ele pode criar uma espécie de cobertura sobre a língua, prejudicando a circulação do oxigênio e favorecendo a reprodução de bactérias que causam a halitose.

Beba mais água

Boca seca ou com pouca saliva favorecem o mau hálito. Consumir mais água traz inúmeros benefícios para a saúde, dentre eles diminuir a halitose.  Em média dois litros distribuídos ao longo do dia são uma boa quantidade.

Escove seus dentes com frequência

Parece óbvio, mas muita gente não faz isso. Os restos de comida acumulados nos dentes geram um péssimo odor e a remoção através da escovação é uma ótima pedida. Faça após as refeições, ao dormir e ao acordar.

Lembre-se também de sempre escovar entre os dentes. O fio dental é bom, porém não é o bastante para a higienização entre eles, uma vez que não alcança as partes côncavas do dente. para isso a melhor opção são as escovas interdentais.

Lembre-se da língua

A língua também pode acumular comida e favorecer a proliferação de bactérias. A superfície dela é uma das regiões com mais microrganismos do corpo humano e você não deve dar bobeira. Utilize um raspador, que é uma solução mais eficaz do que apenas escovar a língua, para fazer a higienização do local.

Gastrite e refluxo também são causas

Nem sempre o mau hálito virá de descuidos com a boca. Em algumas situações, o esôfago e estômago podem estar envolvidos, especialmente em casos de gastrite e refluxo. Se você suspeita disso, procure um clínico geral ou um gastroenterologista.

Masque chiclete

Consumir chicletes ajuda no aumento da produção de saliva e elimina o problema da boca seca, que favorece as bactérias nocivas. Mas opte pela versão diet, pois o açúcar também é um inimigo da saúde bucal.

Seguindo essas dicas básicas, todas as pessoas podem ter uma boca saudável e, consequentemente,  mais qualidade de vida. Você tem mais alguma dica para evitar o mau hálito? Compartilhe-o conosco por meio dos comentários!

raspador_post

Publicações recentes

Deixe um comentário