Monte um kit de produtos de higiene bucal para pacientes em 5 passos

 In Dia-a-dia, Para Dentistas

Nesse post você vai saber qual produto colocar para montar um kit completo de saúde bucal para seus pacientes em 5 passos. Confira!

Os profissionais já sabem que a saúde da boca depende também do uso correto de produtos de higiene bucal, após o paciente sair do consultório. Porém, muitas pessoas não conhecem bem as etapas necessárias e quais são os itens ideais.

Para ajudá-los a entender como fazer corretamente a limpeza dos dentes, você pode oferecer aos seus pacientes um kit com os artigos essenciais. Tanto para venda, quanto como um brinde, o importante é ter esse diferencial.

Vamos explicar em 5 passos como montar esse conjunto. Confira!

1. A limpeza dos dentes

A primeira etapa é cuidar de uma assepsia correta da dentição. Você pode iniciar o kit com uma boa escova. Nem todos os pacientes sabem qual a mais indicada, por isso você deve oferecer a eles um modelo com cabeça média e cerdas macias.

Explique atentamente porque é importante que a escova tenha essas características, para uma limpeza mais eficaz e sem machucar as gengivas.

Um bom creme dental também precisa ser incluído. Não se esqueça de que ele deve ter a quantidade correta de flúor para cada idade. A sugestão é que você monte uma versão do kit para adultos e outra para crianças, adaptando também a escova de dentes para tamanhos infantis.

2. Gengivas também são importantes

Um dos principais problemas causados por higienização ruim é a gengivite, que consiste no primeiro estágio da doença periodontal. Esse mal ocorre devido à acumulação de placa bacteriana. Para evitar que o biofilme se estabeleça na boca, o kit deve trazer um bom fio dental.

Para que nenhum cantinho fique sem limpeza, não deixe de acrescentar este item. É necessário também fazer com que o paciente entenda a importância do seu uso diário, pois a escova não retira os resíduos de todos os cantinhos.

3. Garanta que a língua não seja esquecida

Muitas pessoas escovam os dentes e passam fio dental, mas se esquecem da língua, deixando bactérias e restos de alimentos acumulados lá. Insira no kit um produto para limpar esse órgão, ajudando o paciente a não esquecer dele.

Você pode optar tanto por um limpador de língua, quanto por uma escova que possua relevos próprios para esse fim atrás da cabeça.

4. Espantando o mau hálito

O odor ruim na boca pode atrapalhar a vida do indivíduo de diversas formas, criando dificuldades em socializar e prejudicando-o profissionalmente. O kit oferecido por você vai ajudar a evitar o incômodo, mas um bom enxaguante bucal para a higiene diária ajuda — e muito — no combate ao mau hálito.

O líquido não substitui nenhum dos itens supracitados, mas complementa o trabalho deles. Escolha produtos com a substância antibacteriana mais adequada às necessidades dos seus pacientes.

5. Produtos de higiene bucal específicos para cada caso

Por fim, deixe para finalizar o kit personalizando-o de acordo com o que cada pessoa precisa. Acrescente itens finais baseados nos problemas bucais daquele paciente, diante dele e explicando a importância daquilo.

Um exemplo de como isso pode ser feito, é adicionar uma escova interdental para um cliente com aparelho ortodôntico, esclarecendo que o aparelho entra no caminho da escova comum e do fio dental, e para terminar o processo de forma satisfatória, é recomendável usar esse tipo de material.

Seguindo esses passos, você vai oferecer aos seus pacientes um kit de produtos de higiene bucal completo e garantir que eles façam uma higiene correta, complementando o tratamento. Para adquirir itens de qualidade, entre em contato conosco, podemos ajudá-lo a escolher os melhores.

Recent Posts

Leave a Comment