Necessidade de uso de aparelho dentário poderá ser geneticamente determinada antes do nascimento.

 em Aparelhos Ortodonticos, Público em geral

Variações no número de dentes, no alinhamento e na forma da oclusão dentária (ou “encaixe” dos dentes das duas arcadas) apresentam relação com a genética

Pesquisadores do Reino Unido e da Finlândia estudaram o desenvolvimento dos dentes de leite em cerca de 6 mil indivíduos para identificar possíveis variantes genéticas associadas com problemas dentais na vida adulta.

O estudo foi publicado no periódico PLoS Genetics.

Os códigos genéticos dos participantes do estudo foram rastreados desde o início da gravidez da mãe até a vida adulta através de dois estudos de grande alcance ? o Coorte de Nascimento do Norte Finlandês de 1966 e o Estudo Longitudinal Avon de Pais e Filhos.

Os pesquisadores identificaram cinco genes associados com o aparecimento do primeiro dente de leite e também com o número de dentes que a criança tem com um ano de idade. Observaram também que aqueles que tinham o gene associado com irrupção tardia tinham risco 35% maior de necessitar de tratamento ortodôntico aos 30 anos.

Os autores do estudo observam que as anomalias no desenvolvimento dental são comuns e que a ausência de dentes afeta até 10% das pessoas.

“Essas anomalias contribuem para uma variedade de tratamentos ortodônticos, protéticos e cirúrgicos complicados e caros, e respondem por aproximadamente 6% de todas as consultas odontológicas”, dizem os autores. “Estudos adicionais da associação do genoma com processos do desenvolvimento durante a infância podem estabelecer se as determinantes genéticas do desenvolvimento da criança podem contribuir com o estudo de doenças crônicas, como câncer, que ocorrem numa fase mais tardia da vida.?

Referência: Clube Dentalis elaborado pelo consultor Prof. Victor Hugo

Prof. Rodrigo Guerreiro Bueno de Moraes
Cirurgião-Dentista | Mestre em Odontologia pela Universidade Paulista | Membro da Sociedade Brasileira de Periodontia e da American Academy of Periodontology.

Publicações recentes