O aparelho ortodôntico removível é tão eficaz quanto o fixo?

 In Aparelhos Ortodonticos

O uso de aparelhos ortodônticos é um tratamento muito comum para a correção de problemas de alinhamento, falta ou excesso de espaço entre os dentes. Além de terem uma função estética importante para a autoestima, os aparelhos desempenham um papel fundamental para a saúde bucal, evitando perdas ósseas, cáries, quebra dos dentes, entre outros problemas que podem surgir quando uma pessoa tem a arcada dentária muito desalinhada.

Há vários tipos de aparelhos ortodônticos disponíveis no mercado, mas que têm apenas duas variações de uso: os fixos e os removíveis. Neste post, vamos explicar como os aparelhos funcionam e esclarecer uma dúvida muito comum sobre a eficácia do aparelho ortodôntico removível em comparação com o fixo. Confira!

Como funcionam os aparelhos ortodônticos?

Quando há a indicação para o uso de aparelho ortodôntico a ideia é sempre movimentar os dentes para reposicioná-los da forma mais correta possível. Para conseguir esse efeito, os aparelhos exercem uma pressão sobre os dentes em forma de força mecânica. Essa força é feita por meio dos fios metálicos que formam os aparelhos, tanto os fixos quanto os removíveis.

Para que o tratamento tenha o efeito desejado, a pressão necessária para movimentar lentamente os dentes deve ser precisa. Para isso, se utiliza um dispositivo chamado dinamômetro, que mede a intensidade da pressão, evitando erros que podem comprometer a eficácia do tratamento ou a saúde dos dentes.

Essa pressão causa uma resposta inflamatória do organismo, responsável pela sensação de dor e desconforto sempre que o aparelho é ajustado. À medida que os dentes se movimentam, o osso da mandíbula se adapta para reabsorver as raízes dos dentes na nova posição, garantindo os efeitos duradouros do tratamento.

Quando é feita a indicação do aparelho fixo ou removível?

O tipo e o momento para o uso do aparelho ortodôntico serão avaliados pelo dentista que fará a indicação de acordo com o caso clínico de cada paciente. Em geral, os aparelhos fixos são usados em tratamento mais complexos, em que a movimentação precisa ser maior. Como não é possível retirá-lo, é um tipo que precisa menos da colaboração do paciente, sendo utilizado 24 horas por dia.

Os aparelhos fixos são muito comuns para tratamento em adolescentes e adultos, que já têm os dentes permanentes e precisam de mudanças definitivas nas estruturas da arcada dentária. Já o aparelho ortodôntico removível é mais indicado para tratamentos mais simples e em crianças, que ainda têm dentes de leite e estão em fase de crescimento e troca dos dentes.

O aparelho ortodôntico removível é tão eficaz quanto o fixo?

O aparelho removível tem a mesma eficácia do fixo. Isso porque, como explicamos acima, o funcionamento de ambos é igual: movimentar os dentes por meio de força mecânica. O que pode comprometer a eficácia do aparelho removível é a colaboração do paciente, já que o uso pelo tempo e nas condições indicadas pelo dentista vai depender do comprometimento da pessoa com o tratamento.

Uma das grandes vantagens do aparelho removível é exatamente a possibilidade de retirá-lo, o que facilita a limpeza, que pode ser feita com a escova de dente comum, e permite maior flexibilidade para abrir mão de seu uso em alguns eventos sociais.

No entanto, se não houver disciplina para seguir as recomendações do especialista, a vantagem se torna, então, uma desvantagem, aumentando o tempo necessário de uso do aparelho ou comprometendo os resultados esperados.

Agora que você já conhece a eficácia do aparelho ortodôntico removível, baixe gratuitamente nosso e-book “Manual do Aparelho Ortodôntico: tudo que você precisa saber sobre o tratamento corretivo” e saiba mais sobre o assunto!

Recent Posts

Leave a Comment