Descubra o que a higiene bucal tem a ver com a saúde do seu coração

 em Público em geral

Você sabia que a higiene bucal — ou melhor, a falta dela — pode influenciar diretamente a saúde e bom funcionamento do seu coração? Pois saiba que isso é verdade. Em uma pesquisa realizada pelo Instituto do Coração (Incor), foi descoberto que 45% das doenças do coração originavam-se na cavidade bucal, devido a cáries que comprometem o canal, inflamações da gengiva e abcessos.

A saúde bucal tem relação direta com a vitalidade de todo o corpo e, principalmente, do coração. No post de hoje, vamos falar um pouco sobre essa relação e como você pode se prevenir, por meio dos cuidados com a higiene bucal, de algumas doenças cardíacas e outros problemas sérios de saúde. Confira!

Higiene bucal e coração: entenda a relação

Muitas pessoas não sabem, mas higiene bucal e saúde do coração tem tudo a ver.

Quando a boca (e, aqui, falamos dos dentes, língua e bochechas) não é bem higienizada diariamente, os micro-organismos responsáveis por problemas, como cárie e gengivite, encontram um ambiente propício para se instalarem.

A infecção causada por estes micro-organismos pode evoluir e atingir mais profundamente a mucosa oral, formando abcessos e, consequentemente, atingindo o sistema vascular. Isso quer dizer que esses organismos migram para outras áreas do corpo, por meio da corrente sanguínea, podendo alojar, assim, nos tecidos do coração.

Infecção de tecidos do coração

Quando esses micro-organismos se aderem nos depósitos de gordura do coração, podem causar nele uma infecção dos tecidos ou endocárdio, favorecendo, assim, uma doença conhecida como Endocardite Infecciosa.

Essa doença é capaz de comprometer seriamente as estruturas cardíacas como, por exemplo, as válvulas. O tratamento pode ser feito por meio de antibióticos e, em alguns casos, até mesmo cirurgias são necessárias para reestabelecer o órgão afetado.

Infarto e Pneumonia

Estudos mostram ainda que, além da infecção dos tecidos do coração, a má higiene bucal pode estar também relacionada a problemas mais graves, como infarto e pneumonia.

E, no caso dos diabéticos, o sinal vermelho para a má higiene da boca é ainda maior. Isso porque o diabetes provoca alterações vasculares sérias, que podem ser agravadas por doenças de origem oral, como a gengivite crônica.

Prevenir é sempre o melhor remédio

A boca integra a saúde de todo o corpo. Portanto, uma das melhores maneiras de prevenir o surgimento de problemas orais que podem desencadear doenças graves por todo o corpo é investindo pesado na higiene bucal.

Confira, a seguir, 4 dicas garantir uma boa higiene oral e claro, boca e corpo sempre saudáveis!

  1. Escove os dentes, pelo menos três vezes ao dia, após cada refeição;
  2. Use o fio dental e antisséptico bucal diariamente;
  3. Faça a escovação correta da língua e bochechas;
  4. Visite regularmente o seu dentista, principalmente se notar dores ou alterações nos dentes e gengivas.

Cuidar da saúde oral é essencial para manter o coração e todo o corpo saudável, por essa razão, a preocupação com a higiene bucal deve ser diária! Não descuide da sua, nem da sua família!

Você sabia que a saúde bucal também pode afetar o seu desempenho nos esportes? Confira nosso artigo sobre o assunto e tire todas as suas dúvidas!

Publicações recentes
Comments
  • Mauro
    Responder

    Muito bom artigo. Não sabia disso

Deixe um comentário