O que é esofagite erosiva e como prevenir?

 In Público em geral

A esofagite é uma inflamação que pode ocorrer no esôfago e surge por causa de um refluxo gástrico. O problema pode provocar úlceras, além de hemorragia na mucosa. Diversos fatores de risco podem contribuir para a doença, como tabagismo, gestação, consumo de álcool, entre outros. É muito importante que a pessoa procure um médico para um diagnóstico por meio de exames como a endoscopia.

A enfermidade tem cura se o tratamento for realizado corretamente e se o paciente mudar seus hábitos alimentares. Para entender mais sobre o problema, confira o artigo a seguir!

O que é esofagite erosiva?

A esofagite erosiva é uma inflamação da mucosa que cobre o interior do esôfago. Quando as enzimas e o ácido do estômago refluem de maneira contínua para dentro do órgão, ele fica ulcerado e inflamado. E quando a inflamação é grave, surge a úlcera do esôfago.

Quais os sintomas da doença?

Os sintomas da esofagite incluem complicações como vômitos e náuseas, falta de apetite, tosse, dor ao se alimentar ou azia, dificuldade para engolir e feridas na boca. É fundamental ficar atento aos sintomas para que na consulta com seu médico você possa relatá-los e, assim, o profissional pode indicar os exames que deverão ser feitos para o diagnóstico da doença.

Quais são as causas da esofagite?

Várias causas apontam para o problema como o refluxo ácido do estômago, uso de alguns medicamentos, como aspirinas e suplementos, por exemplo, além de infecções no esôfago, provenientes de vírus, fungos ou bactérias. Consumo de alimentos ácidos também causa a esofagite. Por isso, é essencial uma dieta saudável para evitar os sintomas da doença.

Como evitar a esofagite?

Prevenir o problema é muito simples. O paciente terá que ficar longe de bebidas alcoólicas, não ingerir frituras, frutas ácidas, alimentos gordurosos, extrato de tomate, bebidas como chá e café, dentre outras comidas indigestas. O ideal é consumir os alimentos crus ou assados sem molhos. Consumir frutas como mamão e bananas, por exemplo, podem ajudar no tratamento da esofagite. Beba muita água e procure praticar algum exercício físico. Se não é um grande fã de academia, pode apostar na caminhada, que também traz vários benefícios para nossa saúde.

Qual é o tratamento da esofagite?

Após a descoberta da doença por meio de relatos do paciente com seu médico e resultados de exames, são indicados medicamentos, além de mudanças na rotina, com o objetivo de aliviar os sintomas.

É recomendado evitar o consumo de vários alimentos e bebidas que contribuem para o surgimento da esofagite erosiva. Portanto, o médico certamente elaborará uma nova dieta para que a pessoa tenha mais qualidade de vida em seu cotidiano.

A esofagite é uma doença que pode trazer diversos problemas ao paciente, mas tem cura caso o tratamento seja feito precocemente. Por isso é fundamental consultar seu médico, que é o profissional mais adequado para diagnosticar e tratar o problema. Lembrando que nunca se deve usar remédios por conta própria, pois isso pode ser prejudicial à sua saúde.

Para continuar informado sobre o assunto, confira nosso outro post que trata da Doença do Refluxo Gastroesofágico.

Recent Posts

Leave a Comment