O que é ortopedia funcional dos maxilares?

 em Público em geral

Quando encontramos um problema de mau posicionamento dos dentes, seja para realizar um tratamento estético ou para melhorar a funcionalidade da arcada, é necessário procurar um ortodontista. A ortopedia funcional dos maxilares é uma especialidade da odontologia que estuda sobre alguns desequilíbrios musculares e ósseos no maxilar.

Vamos esclarecer no post de hoje como funciona esta especialidade, o que ela visa tratar, e para quem ela é recomendada. Confira.

O que é a ortopedia funcional dos maxilares?

Esta é uma especialidade da odontologia que soluciona problemas ósseos, musculares, alinhamento de dentes, funcionamento do maxilar e problemas de articulação. O tratamento realizado por esta vertente é indolor e pouco invasivo por se basear na utilização de aparelhos móveis que remodelam as estruturas ósseas, musculares e de articulação da face através de estímulos sensoriais, promovendo melhora na funcionalidade da arcada dentária.

O que ela trata?

A ortopedia funcional dos maxilares pode tratar a maior parte dos distúrbios odontológicos relacionados à arcada e ao maxilar, encontrados em adultos e crianças. Bruxismo, apneia do sono, dores de cabeça, dor de ouvido, dentição torta, posição errada de queixo, mordida cruzada ou aberta, lábios abertos, mau posicionamento da língua, barulho do maxilar durante a mastigação são alguns destes distúrbios. A técnica da ortopedia funcional dos maxilares consiste em tratar, inicialmente, os problemas de estrutura óssea ou muscular da região da face, para depois alinhar problemas dentários.

A utilização de aparelhos fixos pode ser necessária em algumas fases do tratamento para alcançar a excelência do resultado, mas este não é o foco principal da técnica.

Quem pode realizar estes tratamentos?

Esta é uma especialidade da odontologia, portanto ela exige que o dentista tenha feito algum curso ou pós-graduação no assunto, aplicando as técnicas com total segurança em seus pacientes.

Como o tratamento funciona?

Os aparelhos móveis funcionam estimulando a estrutura óssea da boca, que se remodela de acordo com o tempo de tratamento. Através desta mudança de formato na estrutura o posicionamento dos dentes, da musculatura e das articulações vão se adaptando aos estímulos criados pelo profissional.

Quando procurar este tipo de tratamento?

Para qualquer tipo de tratamento odontológico a recomendação é de iniciar o acompanhamento o mais cedo possível, já que crianças e jovens ainda estão em fase de desenvolvimento da massa óssea e muscular, facilitando a ação dos aparelhos móveis e fixos utilizados.

Por este motivo, quanto mais novo for o paciente, mais rápido e melhor serão os resultados. Isto não implica que adultos não possam procurar esta técnica para solucionar seus problemas. O objetivo final é melhorar esteticamente e funcionalmente a arcada dentária, ou sintomas consequentes de alguma falha nessa região.

Existe diferença entre o tratamento funcional e a ortodontia?

Existe diferença sim, apesar de as duas buscarem o mesmo resultado que é o de promover a saúde bucal e melhorar o posicionamento dos dentes. Enquanto a ortodontia se concentra na utilização de estímulos através da força — com o auxílio de aparelhos fixos e móveis — para remodelar as estruturas, a ortopedia funcional trabalha na estimulação de nervos sensoriais encontrados na região da boca, para promover mudanças passivas na estrutura óssea e muscular da arcada.

E você, já consultou algum especialista em ortopedia funcional dos maxilares? Compartilhe com a gente suas experiências e não deixe de comentar sua opinião sobre o assunto!

Publicações recentes
Showing 2 comments
  • Ovidio
    Responder

    Tenho Bruxismo ( na verdade é APERTAMENTO dos dentes – fico como mastigando ) e não consigo tratamento. Fui em vários dentistas que só fizeram placas de acrílicos ( que com menos de 1 semana eu as destruía – quebrando ou furando ). Fui também no Psicólogo e Psiquiatra, receitaram remédios para ansiedade E NADA. É por último fiz o procedimento Atlas Profilax – não deu certo…. O que eu faço?

    • TePe
      Responder

      Olá Ovidio. A especialidade é da odontologia. O seu caso é específico e precisa de cuidados especiais. Busque um dentista que possa salientar sua dúvida.

Deixe um comentário