Parestesia, tem cura. Até que ponto o dentista é responsável.

 In Para Dentistas, Profissionais da saúde, Público em geral

E, se após um procedimento cirúrgico nos dentes, você permanecesse com os sintomas da anestesia além do tempo previsto? Isso é raro de acontecer, mas quando formigamentos, pressões, dormência e alterações na sensibilidade ocorrem, há fortes indícios de que algo não saiu como o esperado. Essa complicação cirúrgica recebe o nome de parestesia e, a princípio, assusta. Quer conhecer mais sobre esse problema? Então continue lendo nosso artigo, descubra se o problema tem cura e tire suas conclusões se os cirurgiões dentistas têm culpa nos quadros de parestesia.

Saiba mais sobre a parestesia

As complicações e acidentes cirúrgicos acontecem com pouca frequência. Cerca de 5% dos pacientes passam por problemas como hemorragia, alveolite,  formação de abcessos e a própria parestesia. Esse último problema é uma complicação que ocorre quando existe um dano em algum dos nervos orais (normalmente no  alveolar inferior, que fica na parte interna da mandíbula). A língua e os nervos faciais também podem ser afetados e o paciente tende a ficar com formigamentos, dormência, pressão, coceira e sensação de frio. Vale destacar que, sob nenhuma hipótese, a parestesia deve ser confundida com a paralisia, visto que a primeira não é limitadora.

Fatores que contribuem para a parestesia

As causas  da parestesia podem ser várias, e essa complicação normalmente ocorre quando as cirurgias são feitas perto dos nervos. Os fatores mais comuns que ocasionam o problema são as picadas anestésicas diretamente sobre o nervo, eventuais fraturas, compressão do nervo, extração dentária ou um implante perto do nervo.

O dentista é culpado?

Por mais competente que seja o cirurgião, ele pode cometer erros e ser um fator determinante em quadros de parestesia, pois uma picada em local inadequado pode desencadear a complicação oral. Por outro lado, quem se submete a uma cirurgia de qualquer ordem deve estar ciente dos riscos que corre. Sendo assim, o dentista precisa dar todas as informações possíveis durante o pré-operatório, falando inclusive sobre o risco de complicações. Ainda que o procedimento seja simples, essa transparência é fundamental!

Parestesia tem cura?

De modo geral, o reestabelecimento da parestesia acontece naturalmente. Mesmo assim, é necessário fazer um diagnóstico rápido e preciso sobre as causas do problema. Se a parestesia for ocasionada por um edema cirúrgico, a tendência é que ela desapareça assim que o inchaço diminuir e deixar de comprimir os nervos. Aos poucos a sensibilidade volta ao normal e os sintomas desaparecem. Nesses quadros, o melhor tratamento é a paciência. Já nos casos mais graves, quando há uma lesão mais preocupante no nervo, o tratamento especializado deve iniciar o mais rapidamente possível. Muitas vezes é necessário que haja uma intervenção medicamentosa com vitaminas, além de laserterapia. A boa notícia é que, na maioria das vezes, parestesia tem cura sim. Só para se ter uma ideia, em 96% dos casos, o retorno sensitivo acontece espontaneamente em até 24 meses. Mais animador ainda é saber que muitas parestesias duram apenas  dias ou semanas. E aí, gostou de saber um pouco mais sobre a parestesia? Já tinha ouvido falar sobre essa complicação cirúrgica? Compartilhe suas opiniões e experiências conosco através dos comentários. Até a próxima e continue de olho no nosso blog!

Recent Posts
Showing 34 comments
  • Cristiane
    Responder

    Olá, nasceu os dentes inferiores, os dois lado E e D , ambos os dois inpactados, em 19 de abril , o bucomaxilo tirou o do lado esquerdo, até hoje metade da lingua e ao redor, sensação de queimado, e até hoje a sensação nao diminui a todo tempo me incomoda, agora dia 20/10 sou obrigada tirar o siso direito por causa da posição, e se eu ficar om os dois lados assim, acabou meu paladar…. alguem pode me ajudar indicar algo

    • TePe
      Responder

      Oi, Cristiane. Qualquer indicação deverá ser recomendada por um dentista antes, pois este profissional tem a capacidade de analisar o seu caso especificamente.

  • Natielle Alves
    Responder

    Olá, fiz a extração dos 4 cisos a 7 semanas, e fiquei com parestesia no lábio inferior direito e no queixo tomei apenas vitamina B uma a cada dia, após as 3 primeiras semanas senti uma melhora de 80% já, ainda não voltou completamente mas o incomodo ja é bem menor! Estou compartilhando meu caso pois quando vim procurar sobre o assunto só vi as apenas experiências ruins que outras pessoas tiveram e isso me deixou bem desanimada.

  • ROSANE
    Responder

    O MEU CASO FOI NA LIMPEZA DO CANAL COM HIPOCLORITO, QUEIMOU TERMINAÇÕES NERVOSAS, ISSO ACONTECEU EM JULHO, DESINCHOU, MAS A PARESTESIA CONTINUA. ESTOU TOMANDO VITAMINA MAS NÃO VEJO MELHORA. ESTOU TENTANDO COM FONOAUDIOLOGA PRA VER SE REVERTE A PARALISIA DO LÁBIO, TENHO DIFICULDADE NA FALA EM ALGUMAS SÍLABAS COM VU, FI ,
    PELO QUE LI NOS COMENTARIOS ALGUNS CASOS NÃO ESTAO RESOLVENDO NEM COM LASERTERAPIA, FIQUEI COM MEDO AGORA….

  • Juan
    Responder

    Faço capoeira e a 1 semana levei um golpe na mandibula e apaguei e ao chegar no hospital descobrir q havia fraturado.. entao tive q fazer a cirurgia e colocar placas e tals e quando voltei da cirurgia percebi essa dormencia q vai do labio inferior até o queixo e entao questionei o médico essa sensaçao e ele me disse q eu tanto poderia deixar de ter essa sensaçao ou nao.. e desde entao estou assustado com isso .. no meu caso tbm atingiu o nervo

    • TePe
      Responder

      Olá, Juan. Esta informação dada pelo médico de que, pode deixar de ter a sensação ou não, deve ser melhor esclarecida sobre quais procedimentos realizar para que este sintoma desapareça, se é normal e por quanto tempo o sintoma pode permanecer. Somente um médico poderá melhor lhe informar.

  • Beatriz
    Responder

    Gostaria de saber como se faz esse diagnóstico pois meu caso foi a exodontia do siso e estou com parestesia a 2 meses para complicar terei que fazer uma artoplastia pois durante o procedimento sofri deslocamento da mandíbula a raiz foi seccionada na vertical e horizontal também farei a retirada da mesma pois ficou muito grande .
    Já fiz ressonância e tomografia mas ninguém sabe me dizer se meu nervo foi seccionado ou se está sob pressão ou se só foi atingido durante a cirurgia sendo assim não consigo saber minhas chances
    Por favor se alguém puder me ajudar gistaria de saber como descobrir o que aconteceu com meu nervo.

    • TePe
      Responder

      Olá, Beatriz. O tema parestesia é bastante delicado e deve ser analisado por um profissional. Somente um dentista poderá recomendar o procedimento correto para a sua situação.

    • Alessanda Correa
      Responder

      Beatriz, chamo-me Alessanda Correa e gostaria de saber se vc já melhorou, se já encontrou resposta para seus questionamentos.

  • Wanessa
    Responder

    Olá,arranquei um dente é desde então minha voz alterou, alguém sabe me dizer algo sobre isso? Estou com muito medo!

    • TePe
      Responder

      Olá, Wanessa. O sintoma apresentado pode ter relação, ou não, com o procedimento realizado. O recomendado é buscar esta informação com um médico ou com o dentista que lhe atendeu.

  • Ana Paula
    Responder

    Estou com parestesia há 16 anos! Fui em tantos dentistas que perdi a conta. Ninguém resolveu. É uma falta de informação total. Gostaria de um artigo que explicasse se há algo a fazer para diminuir essa sensação de coceira terrível, chego a ferir o queixo de tanto coçar. Perdi a esperança de resolver isso já tem mais de uma década.

    • TePe
      Responder

      Olá, Ana Paula. Este é um assunto bastante delicado e que há a necessidade de uma análise específica. Não se deixe desanimar, você vai conseguir superar esse sintoma!

  • Fábio
    Responder

    A matéria não informa, mas é fato de que se houve o rompimento total do nervo, a parestesia será permanente. Desisti de extrair meus sisos depois de descobrir que eles estavam muito próximos aos nervos.
    A parestesia temporária ocorre em decorrência de pequenas lesões neste nervo, com o tempo melhora e não deixa sequelas relevantes. Porém, como disse, já o rompimento total do nervo não tem cura e a pessoa passará toda a vida com gengivas e língua formigando e ardendo.

  • Alana
    Responder

    Eu também estou passando, tirei 2 supranumerarios e estou com parestesia.
    Vai do lábio inferior até o queixo!
    Tem 9 dias da cururgia sinto fisgada, dormência, formigamentos… É horrível.

    • Alessanda Correa
      Responder

      Boa noite

  • Roberto
    Responder

    É gozado ninguem da solução nenhuma, procure seu dentista é o que todos falam.
    Sara o seu caso é igual ao meu 2 anos de parestesia por um implante inferior, meu dentista na hora de furar o osso para colocar o pino desceu muito e lesionou meu nervo. Sinto muita ardencia na metade do labio, pinicacoes na lingua como se tivesse queimada,isso só nós sabemos como e horrivel conviver com isso 24 hs por dia, não existe nada que mehore desde vitaminas até uma rizotomia por radiofrequência, infelizmente temos que conviver com isso.
    Uma vez eu li um depoimento de uma moça e ele disse que quem tem parestesia vive o Inferno na Terra. É isso que eu acho.
    Roberto 16 981984310.

    • TePe
      Responder

      Olá, Roberto. No geral, indica-se um dentista pois há a necessidade de uma análise mais precisa do seu caso. Não se deixe desanimar. Você já é um vitorioso!

    • Rita Silva
      Responder

      Obrigada Roberto. É um alívio saber de alguém que se livrou disso.

    • Silvia
      Responder

      Eu também fiquei com parestesia no queixo, tenho formigamento e dormência 24hs. Tive lesao no nervo quando tomei a anestesia e perfurou o nervo. Faz 7 meses e já tentei de tudo. Infelizmente quando ocorre lesao no nervo, não há nada a ser feito…

  • Karina
    Responder

    Já fazem 2 anos e a minha nunca volta a normal, e o engraçado é que não fui informada antes da cirurgia, ai nós que temos que arcar com vitaminas caríssimas, tratamentos a laser e tendo que ir em outros dentistas.
    Ate agora não vi nenhum paciente falando que voltou ao normal.

  • Maria aparecida
    Responder

    Eu fiz a cirurgia de implante na parte inferior do lado direito deu PARESTESIA ja estou assim a 30 dias. Formigamento. Dor. Mal estar horrível. Pressão ja tomei uma caixa de vitamina mas ainda não melhorei nada. Estou preocupada isso tem cura? Devo tirar os dois pinos? Estou com medo de mexer.

    • TePe
      Responder

      De modo geral, o reestabelecimento da parestesia acontece naturalmente. Mesmo assim, é necessário fazer um diagnóstico rápido e preciso sobre as causas do problema.

  • fernando
    Responder

    Prezados senhores dentistas.
    Estamos a meses aguardando a volta de sensibilidade labial causada por essa parestesia! Poderiam recomendar algum medicamento e tratamentos realmente eficazes para o caso????

    • TePe
      Responder

      Olá, Fernando. A TePe não trabalha com este tipo de serviço. A TePe é uma empresa que vende produtos de higiene bucal, como: escovas de dentes, escovas interdentais, escovas para implantes dentre outros produtos. Para saber a lista completa de nossos produtos, acesse: http://tepe.com.br/produtos/

  • Lidianne
    Responder

    Estou na mesma situação, fiz uma cirurgia do ciso inferior direito, faz uma semana e deu parestesia. Estou com a metade direita do queixo, os dentes e quase todo o labio inferior dormentes. Estou com muito medo de fixar assim pra sempre! Não dá nem pra comer, nem beber direto, e também não consigo abrir muito a boca. Meu Deus, estou muito preocupada! Me ajudem! Digam que isso não vai ser pra sempre! Até quando falo ou quando sorrio é estranho.

    • TePe
      Responder

      Olá, Lidianne. É necessário ir ao dentista o mais rápido possível para fazer o diagnóstico do problema e assim ser feito o tratamento. Aos poucos a sensibilidade volta ao normal e os sintomas desaparecem.

  • Eliane
    Responder

    Olá gente, eu também estou muito preocupada, fiz 2 implantes na parte inferior e estou com esses mesmos sintomas, retornei ao consultório e foi feito um descaso e ainda falou” não adianta olhar com essa cara de assustada pq isso é normal e antes que vc pergunte isso não é erro do médico” foi pura ironia pq eu desconhecia este caso é não fui informada que poderia ocasionar isto.
    Além de não sentir os dentes, gengiva, lábio inferior e o queixo, sinto, dormência, penicação, ardor e coceira o incômodo e muito grande, bem desconfortável dando até agonia. Mas o pior de tudo é a ignorância da equipe profissional que nos trata com descaso.

  • rafael
    Responder

    estou com parestesia a 2 semanas decorrente de uma extração do siso, não fui informado que isso poderia acontecer, muito pelo contrário, ao ver o raio -x a cirurgiã – dentista, falou ” facinho, facinho “, e o procedimento demorou exatamente 3h e foi um tanto agressivo. Gostaria de saber se devo fazer uma denúncia ao meu plano de saúde sobre o que aconteceu, ou se de fato isso é normal, obrigado

    • andreza
      Responder

      Boa pergunta também quero saber. A dentista que extraiu o meu siso inferior não falou nada de riscos, voltei lá com uma semana para retirar os pontos e falei com ela sobre a parestesia na língua só me respondeu duas palavras com 6 meses volta só isso, não passou nada nem vitamina nem terapia e disse a dentista que era moleza pra extrair. A minha fonoaudióloga disse que teria que fazer fonoterapia ela disse que corre o risco de não voltar que precisa sim fazer terapia exercícios com a língua. tenho seções uma vez na semana . E gostaria de saber tbm se precisa denunciar essa dentista para o plano e a dentista tbm falou que era moleza pra extrair!

  • Lucio Almeida
    Responder

    Tive parestesia no lado direito inferior há quase três anos, minha situação continua a mesma, sinto formigamentos,coceiras é aquela sensação de algo frio escorre. Isso ocorreu por causa de implante, não porque ele comprimiu o nervo, mas sim foi lesado ao abrir a gengiva.

  • Sara
    Responder

    A quase 3 anos fiz um implante dentário inferior, sinto uma grande sensibilidade horrível , mto frio, mto apimentado, parece queimadura. Só sei q é horrível , queria mto uma solução , cura. Meu dentista não me dá atenção nenhuma.existe algum tratamento ??? Uso pomada de horabase P aliviar a sensibilidade . Me ajude???? É mto incomodo .

    • Mozart Cardoso
      Responder

      Olá Sara! O seu caso é muito específico. Somente um dentista pode melhor analisá-la. Caso não esteja satisfeita com a opinião e o tramamento do primeiro dentista, procure um segundo.

  • Silvana
    Responder

    Que bom , adorei saber

Leave a Comment