Quais as principais causas de gengiva sensível e como evitá-las?

 In Dia-a-dia, Gengiva, Público em geral

A sensibilidade na gengiva quando ocorre traz um grande desconforto. Saiba quais são as 5 principais causas e descubra como evitá-las.

Muitas situações podem provocar a gengiva sensível, como a má higiene bucal, cáries profundas ou pela gengivite propriamente dita. Nas crianças, esse problema é bastante comum na fase de troca dos dentes. Nos adultos, pode ocorrer por diversas razões, inclusive, por doenças crônicas ou pelo nascimento do dente siso.

O mais aconselhável, independentemente da idade do paciente, é buscar o auxílio de um profissional, para melhorar/evitar esse quadro e fazer os procedimentos mais adequados.

Quer saber quais são as principais causas desse problema e tomar medidas para prevenir ou melhorar a situação? Confira!

1. Má higiene bucal

É comum que as pessoas durmam sem escovar os dentes. Justamente durante a noite, as bactérias se proliferam na boca e podem provocar cáries, tártaro e outros problemas orais, que deixam a gengiva sensível e, em muitos casos, dolorida e até mesmo inchada.

A utilização de produtos de qualidade para a higiene bucal é essencial para evitar o problema. Muitas vezes, investir no mais barato pode sair caro.

2. Alimentação inadequada

Uma alimentação rica em açúcares e carboidratos — como balas, chocolates, bolos e refrigerantes, por exemplo —, podem tornar as pessoas mais suscetíveis a apresentarem sensibilidade nas gengivas e nos dentes. Pois esses alimentos são comida também para as bactérias que vivem na nossa boca, e isso contribui para o aumento do ácido na região, o que causa vários problemas bucais.

O ideal é que se diminua a sua ingestão, o que representa uma melhora para a saúde como um todo. Além disso, ao investir em higiene eficiente, é possível evitar a gengiva sensível.

3. Uso de escovas ruins

Não é a escova de marca A ou B que vai tornar a sua boca mais saudável. É preciso saber fazer a escolha da melhor escova, que fará a limpeza bucal adequada, removendo os restos de alimentos e bebidas, além de evitar a formação de placa bacteriana e demais afecções orais.

A escovação incorreta ou o mau uso do fio dental resulta em uma gengiva sensível. Se for feita com muita força, a limpeza pode provocar inflamação, deixando a boca dolorida.

4. Tabagismo

Os fumantes são mais propensos a apresentarem problemas na gengiva, devido à toxicidade do cigarro, o que contribui, inclusive, para deixar os dentes amarelos. Por isso, o ideal é abandonar esse hábito de uma vez por todas. Não é uma tarefa simples, mas seu organismo agradece.

5. Doenças bucais adversas que causam gengiva sensível

Problemas bucais como periodontite ou gengivite deixam o local mais sensibilizado e, em alguns casos, com dores e inchaço. Nesse caso, apenas o dentista poderá fazer um diagnóstico preciso e indicar o melhor tratamento. Doenças como o câncer também afetam a gengiva, provocando extremo desconforto no paciente.

Para que se possa fazer um tratamento completo da gengiva sensível, é preciso identificar exatamente o que está provocando o quadro. Obviamente que com medidas simples, como as citadas acima, ajudam bastante a evitar o problema. No entanto, a melhor situação é sempre buscar um dentista capacitado para fazer o diagnóstico ideal, prevenir e cuidar da sua saúde bucal e de toda a sua família.

Se você gostou deste post, então siga as nossas páginas nas redes sociais para acompanhar as nossas atualizações: estamos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no YouTube!

Recent Posts

Leave a Comment