Respirar pela boca faz mal? Entenda os problemas gerados

 In Boca seca, Público em geral

Você já parou para observar como você respira? Ainda que o ato de respirar seja algo que sequer nos damos conta, a forma como respiramos é de grande importância para garantir nossa saúde e bem-estar.

Respirar pela boca, ou a chamada respiração oral, por exemplo, pode favorecer o aparecimento de diversos problemas sérios de saúde. Por isso, é um ponto que merece atenção!

Acompanhe o artigo de hoje e descubra como respirar pela boca pode ser prejudicial para a sua saúde!

O que causa a respiração pela boca?

A respiração oral, quase sempre, é desencadeada pela incapacidade de se respirar satisfatoriamente pelo nariz. Sendo assim, a boca se torna a única forma de suprir a demanda dos pulmões pelo oxigênio necessário ao bom funcionamento do nosso corpo, no caso, cerca de 15 a 20 mil litros de ar por dia.

Nessas condições, a respiração pela boca também pode ser caracterizada por respiração bucal de suplência.

Alguns problemas de saúde podem fazer com que a pessoa passe a respirar pela boca, momentaneamente ou de forma crônica. Dentre eles, estão: má formação da face, desvio de septo nasal, rinites alérgicas, sinusites crônicas ou agudas e hipertrofia da adenoide, este último, principalmente nas crianças.

Quais os problemas causados pela respiração pela boca?

Fragilidade das vias respiratórias

O ar começa sua jornada pelo nariz, naturalmente. Quando acontece de maneira correta, a respiração nasal proporciona a filtragem, aquecimento e umidificação do ar respirado, para que chegue aos pulmões em condições favoráveis ao seu bom funcionamento.

Com o ar de “má qualidade” respirado pela boca, as vias respiratórias ficam fragilizadas, ocasionando infecções como amigdalites e faringites, cada vez mais frequentes atualmente.

Prevenção e tratamento

O cuidado com as vias respiratórias e a atenção com a respiração são as melhores formas de prevenção. Consulte regularmente o médico e avalie sempre a saúde das vias respiratórias.

Alterações faciais e má oclusão dentária

A respiração bucal, quando altera o posicionamento da língua, pode levar a um desequilíbrio da musculatura da face, que passa a ser menos exigida. Essa situação, com o decorrer dos anos, pode levar a deformidades da arcada dentária, alterando a posição dos dentes, bem como dos ossos, língua e articulações da face.

Prevenção e tratamento

A má oclusão dentária, se não tratada, pode evoluir para perda óssea e dentária. Por isso, o tratamento deve ser iniciado junto ao ortodontista o quanto antes para evitar a maior extensão dos danos.

Ronco e Síndrome de Apneia do Sono

A síndrome da Apneia do Sono é um distúrbio em que a pessoa para de respirar por alguns segundos. A sensação é de acordar de um sufocamento,  e isso pode acontecer diversas vezes em uma mesma noite de sono.

Devido às alterações faciais causadas pela respiração pela boca, a via aérea alta tende a obstruir-se durante o sono, levando ao ronco e à apneia. Essa situação é potencialmente grave e prejudica não somente a saúde, mas também a qualidade de vida, já que propicia o surgimento da insônia.

Prevenção e tratamento

O melhor caminho para o tratamento dessa situação é o diagnóstico precoce. Por isso, aos primeiros sinais de ronco alto, falta de ar durante o sono, pausas frequentes na respiração durante o sono e sonolência excessiva durante o dia, procure um médico para iniciar o tratamento.

Boca seca e mau hálito

A respiração pela boca também é uma causa para a boca seca e, consequentemente, o mau hálito. Isso acontece, pois, o ato de respirar provoca o ressecamento e uma descamação excessiva de células da mucosa bucal. Essa descamação, por sua vez, serve de alimento para as bactérias responsáveis pelo mau hálito.

Tratamento e prevenção

Tome bastante água para evitar o ressecamento da mucosa bucal, evite ficar longos períodos em jejum e busque tratar o quanto antes as causas que levam à respiração oral.

O diagnóstico precoce e o tratamento das causas que levam à respiração pela boca é o melhor caminho para prevenir os problemas de saúde desencadeados pela situação. Faça visitas regulares ao seu médico e odontologista e fique de olho!

Quer saber mais dicas sobre saúde bucal? Siga-nos nas redes sociais — Facebook, Twitter e Youtube!

Recent Posts

Leave a Comment