fbpx

Saiba como é feito o tratamento de HPV na boca

 Em Dia-a-dia, Público em geral

Quer saber mais sobre o HPV, seus sintomas, prevenção e tratamento? Leia e saiba mais detalhes!

O HPV na boca ocorre devido ao contato da mucosa oral com o Papiloma vírus humano, por meio de contato direto com lesões feridas, que podem ocorrer durante o beijo ou o sexo. As feridas são mais comuns nos lábios e borda lateral da língua, embora qualquer área da superfície bucal possa ser afetada.

Principais sintomas

Felizmente, grande parte das infecções provocadas pelo Papiloma vírus costuma desaparecer espontaneamente. Contudo, nos casos em que o agente nocivo permanece no organismo, a doença pode se manifestar, provocando diversos problemas de saúde.

O seu período de incubação varia de quatro semanas até um ano. Muitos dos sintomas podem nem se manifestar nesse tempo, já que se trata de um mau silencioso, levando a pessoa a sequer pensar que está contaminada.

No entanto, existem situações nas quais o HPV na boca pode ser notado. Basta ficar atento aos seus principais sintomas:

  • lesões orais que se parecem com verrugas esbranquiçadas;
  • dores de ouvido constantes;
  • aparecimento de pequenas aftas, principalmente na gengiva, céu da boca e na língua;
  • dificuldade na mastigação e deglutição de alimentos.

Tratamento de HPV na boca

Essa doença, quando não detectada, pode aumentar significativamente o risco de câncer de boca. Portanto, assim que receber o diagnóstico, a pessoa deve iniciar o tratamento com o dentista, que pode ser realizado com o uso de pomadas, laser ou cirurgia.

O problema tem cura. Entretanto, seu controle deve ser feito rigorosamente, durante um período de 2 anos.

Se você já tem o problema e está com verrugas orais, elas podem ser removidas cirurgicamente. O uso tópico de medicamentos é um alívio temporário para o incômodo. Dependendo do caso, o profissional pode indicar a crioterapia, procedimento no qual o médico congela as verrugas e faz a sua remoção.

Para os pacientes que já desenvolveram câncer na boca, existem outras opções disponíveis. Seu tratamento dependerá da localização e do grau de desenvolvimento da doença para ser feito, seja por meio de quimioterapia, radioterapia, intervenção cirúrgica ou uma combinação entre essas alternativas.

Prevenção da doença

Com tantos incômodos e possíveis complicações, o mais indicado é se prevenir para evitar a contaminação. Por isso, tome os seguintes cuidados:

  • use preservativos em todas as suas relações sexuais, inclusive no sexo oral;
  • visite regularmente o dentista, que pode identificar pequenas lesões e iniciar o tratamento antes que a doença evolua;
  • mantenha a higiene bucal em dia, com o de uso produtos de qualidade, facilitando o cuidado com a saúde e a proteção contra vírus e bactérias danosas.

Se perceber qualquer ferida ou lesão anormal na boca, não negligencie esse sinal e busque ajuda profissional imediatamente. Quanto mais tempo você demorar, maiores serão as chances do HPV na boca se espalhar e provocar efeitos ainda mais nocivos ao organismo.

Gostou do post de hoje? Então compartilhe este texto nas suas redes sociais e ajude os seus amigos a também saberem como é a prevenção e o tratamento do HPV na boca!

Posts Recentes

Deixe um comentário