Saúde bucal em pacientes hemofílicos: quais cuidados tomar?

 In Dia-a-dia, Para seus filhos, Público em geral

Você conhece a palavra Hemofilia? Saiba quais cuidados odontológicos devem ser realizados em pacientes que possuem essa doença.

A saúde bucal em pacientes hemofílicos requer mais atenção que nos casos normais, dado o risco de hemorragia grave. Em algumas situações, o tratamento é feito com uma equipe, envolvendo o cirurgião-dentista e um médico especialista em hemofilia, por exemplo.

Pensando nisso, resolvemos elaborar o artigo de hoje e listar alguns cuidados que devem ser tomados durante e depois dos procedimentos. Continue conosco e saiba quais são eles agora mesmo!

Técnicas de hemostasia local

Como os pacientes hemofílicos possuem dificuldades de coagulação, técnicas de hemostasia podem se fazer necessárias para evitar sangramentos consideráveis. Entre as principais, podemos citar:

  • combinação entre terapia de reposição de fatores e uso de antifibrinolíticos;
  • uso de agentes cicatrizantes para cessar pequenos sangramentos;
  • utilização de moldeiras de silicone para proteger a ferida cirúrgica e para controlar hemorragias secundárias;
  • utilização de cimento cirúrgico.

Cuidados pós-operatório

As recomendações a respeito dos cuidados no pós-operatório devem ser repassadas ao paciente, de preferência por escrito. Elas envolvem a manutenção da higiene oral, evitar fumar e fazer uso de bebidas alcoólicas, não fazer bochechos, evitar alimentos sólidos e quentes, preferência por alimentos pastosos e em temperatura ambiente nas primeiras 48 horas e repouso nas primeiras 24 horas.

Procedimentos adotados

Deve-se preocupar com a saúde bucal em pacientes hemofílicos durante os procedimentos nos consultórios.

Periodontia

A manutenção da saúde periodontal é essencial para pacientes hemofílicos, visto que a hiperemia e a inflamação dos tecidos da gengiva elevam os riscos de sangramentos. Além disso, a periodontite pode gerar a necessidade de extração de dentes, procedimento que pode gerar complicações para pessoas com desordens sanguíneas.

Procedimentos como sondagem, raspagem e alisamento podem ser feitos sem muitos riscos e se os pacientes realizam uma higiene bucal precária, o tratamento deve ser iniciado o quanto antes, buscando evitar danos mais extensos aos tecidos.

Endodontia

Tratamentos endodônticos geralmente não apresentam riscos elevados de sangramento e podem ser realizados normalmente. Nesse caso, não existe a necessidade de repor os fatores de coagulação.

Dentística

Os procedimentos voltados para a restauração normalmente não apresentam grandes riscos de sangramento. No entanto, o profissional deve ter cuidado ao usar grampos, matrizes e diques de borracha, por exemplo, visando evitar ferimentos na gengiva. Também se deve cuidar para que os sugadores não firam a mucosa bucal, causando hematomas.

Prótese

A colocação de próteses também é outro procedimento que não apresenta riscos consideráveis de sangramento nos pacientes. Contudo, o trabalho deve ser realizado de forma delicada, evitando causar traumas e hematomas no tecido oral.

Ortodontia

O tratamento ortodôntico pode ser feito sem contraindicações e também possui baixo risco de sangramento e complicações. Porém, o profissional deve ter um cuidado maior ao colocar braquetes e bandas subgengivais, por exemplo, evitando causar traumas.

Cirurgia

É recomendado que — no caso dos cuidados com a saúde bucal em pacientes hemofílicos — a cirurgia só seja realizada se for realmente indispensável. Isso se dá pelo fato de que esse tipo de procedimento oferece risco elevado de sangramento.

Nesses casos, o ideal é que o médico especialista que atende o paciente seja consultado antes do tratamento. Assim, os profissionais envolvidos podem avaliar o risco-benefício do tratamento cirúrgico e escolher a melhor opção. Além disso, em casos mais severos, o ideal é que o paciente seja tratado em um centro especializado.

Uso de pasta feita com antifibrinolíticos

O uso de gazes embebidas com antifibrinolíticos é recomendável após os procedimentos. Dessa forma, evita-se o risco de haver sangramentos nas regiões que foram manipuladas.

A saúde bucal em pacientes hemofílicos pode — e devem — ser feita normalmente, desde que os cuidados necessários sejam tomados durante a realização dos procedimentos. Para um atendimento adequado e seguro, os profissionais devem ter conhecimento a respeito das patologias e as possíveis complicações que podem surgir.

Gostou do nosso artigo de hoje? Então aproveite para saber também como cuidar da saúde bucal de pacientes com câncer!

Recent Posts

Leave a Comment