Seu dente está áspero? Pode ser acúmulo de placa bacteriana!

 em Público em geral

A saúde bucal é algo extremamente importante, porém muitas pessoas não sabem como manter uma boca saudável. Muitos mitos e falácias a respeito da limpeza e da escovação são propagados por aí e acabamos por ter muita gente que não sabe nem o básico a respeito do assunto. A consequência disso todo mundo conhece: mau hálito, cáries e dentes amarelados. E, em um estágio mais avançado, ocorre a formação do temido tártaro. Você sabe o que é o tártaro? Ainda não? Pois descubra aqui todos os detalhes desse mal e como você deve proceder para evitá-lo e combatê-lo.

O que é tártaro?

O tártaro, ou cálculo dental, é o que ocorre quando a placa bacteriana, que temos normalmente sobre os dentes, endurece em sua superfície. Ele também pode se depositar sob as gengivas, irritando a região e causando problemas. Além disso tudo, o tártaro confere às bactérias um espaço amplo e propício para seu desenvolvimento, agravando ainda mais o quadro e podendo causar gengivite e cáries. Outra questão que não pode ser deixada de lado nesse problema é a parte estética. O tártaro tende a escurecer seu sorriso pois, por ser poroso, absorve manchas com extrema facilidade. Se você fuma, toma café ou gosta de um bom vinho tinto, seus problemas serão ainda piores.

Como saber se tenho tártaro?

A placa bacteriana é natural e se forma sempre que nos alimentamos. Ela é incolor e deve ser removida com a escovação e fio dental. Já o tártaro é uma formação mineral bem típica e facilmente identificável. Sua cor amarelada ou até amarronzada é notável, especialmente na margem gengival. O ideal é que o profissional dentista faça esse diagnóstico.

Como evitar a formação do tártaro?

Com uma boa higiene bucal. Escove os dentes ao acordar e sempre após as refeições, usando uma escova e um creme dental de boa qualidade. Uma escovação adequada inclui não só os dentes, mas também a língua e pode ser feita com a própria escova. O uso de fio dental é indispensável, pois a escova não remove todos os resíduos, especialmente os que ficam entre os dentes. Antissépticos bucais também são bem-vindos, especialmente os que contêm flúor.

Como retirá-lo depois de formado?

Quando você já possui o quadro de tártaro, só o dentista consegue retirá-lo. Ele o faz através de um processo chamado raspagem, onde utiliza equipamentos específicos para isso. Métodos caseiros ou fora do consultório não são indicados e podem lesionar as estruturas presentes na boca. Não brinque com seus dentes nem sua saúde bucal. Além de o seu sorriso ser o seu cartão de visitas, uma má higiene pode lhe causar problemas sérios, desde cáries até infecções oriundas das bactérias que se depositam ali. Evite a todo custo que o tártaro se forme, mas se você já possuí-lo, não hesite em correr para o dentista. Somente ele poderá remover adequadamente esse mal de sua boca e te deixará com o sorriso que merece!

Gostou desse artigo? Receba no seu e-mail informativos de temas como esse:

* indicates required





Publicações recentes

Deixe um comentário