Você conhece a real importância da saliva no corpo humano?

 In Mau Hálito / Halitose, Profissionais da saúde

A saliva é um importante fluido do corpo, produzido pelas glândulas salivares parótidas, submandibulares e sublinguais e pelas glândulas bucais menores. Ela tem várias funções, como lubrificar e ajudar na digestão de alimentos, mas existem outras que não são muito conhecidas. Por isso, trazemos algumas explicações sobre a importância da saliva e a respeito de sua função no corpo humano. Confira:

Características da saliva

Um adulto produz cerca de 1 a 2 litros de saliva por dia, quantidade que aumenta à medida que ingerimos algum alimento. Ela possui aspecto aquoso, viscoso e transparente, e é composta por diversas substâncias, cada qual com suas respectivas funções, dentre elas água (mais de 90% de sua composição), ar (que produz a espuma), além das substâncias orgânicas, proteínas e sais minerais, como sódio, potássio, cálcio, cloro, magnésio, ptialina, nitrogênio, enxofre, ácido cítrico e ácido úrico.

Funções da saliva

Lubrificação

A saliva lubrifica os alimentos para que fique mais fácil mastigá-los e degluti-los, agindo em sua diluição e promovendo a gustação.

Proteção

Algumas das substâncias presentes na saliva servem para proteger a boca contra agentes nocivos, como os vírus e as bactérias, não permitindo que microrganismos cresçam na região bucal. Além disso, há ainda os anticorpos proteicos e as enzimas proteolíticas que servem para destruir as bactérias bucais. A imunoglobulina secretória A, também presente na saliva, protege o organismo contra os vírus que atacam o trato digestivo e o respiratório.

Vale lembrar que essas substâncias não são suficientes para combater todos os microrganismos perigosos àsaúde bucal, portanto, a escovação é completamente necessária e importante.

Umidificação

A água, presente em grande proporção na composição da saliva, é a responsável por manter úmidas as superfícies dos dentes e a mucosa da boca, além de ser o principal solvente das substâncias do meio bucal.

Manutenção da integridade dentária

A interação da saliva com o dente promove o aumento na dureza da superfície e na resistência do esmalte, prevenindo contra a ação das às cáries. Além disso, diminui a permeabilidade dos dentes.

Gustação e digestão

A amilase salivar, também conhecida como ptialina, está presente na composição da saliva e atua no início do processo da digestão do amido e do glicogênio, que são quebrados em maltose. A ptialina age na boca, por causa do pH neutro, mas não consegue atuar no estômago, graças à acidez presente no suco gástrico.

Dissolvendo as substâncias que estão sendo degustadas, a saliva também permite que as papilas gustativas sintam o sabor dos alimentos, informando ao cérebro seu gosto, além de fazer com que o mesmo seja digerido.

Doenças relacionadas à saliva

O corpo humano não produz saliva durante o sono por falta de estímulo, o que pode promover a sensação de boca seca ao acordar. A alteração na quantidade do fluido também é responsável pelo surgimento da halitose e aumento das chances de surgirem cáries dentárias.

Há ainda a xerostomia (a falta da produção de saliva), que pode ser causada pela idade avançada, uso de alguns medicamentos, diabetes, câncer na região da cabeça e pescoço, entre outras causas. Além disso, a saliva também pode servir para transmitir certos tipos de doenças, como herpes, caxumba, gripe, resfriado, sarampo e escarlatina.

Você já conhecia a importância da saliva para o nosso organismo? Deixe um comentário, queremos saber a sua opinião!

bioxtra_post

Recent Posts

Leave a Comment