fbpx

Como cuidar dos dentes na gravidez? Passo a passo!

 Em Cárie, Dia-a-dia, Gengiva

A gravidez causa alterações em todo corpo, inclusive na saúde da sua boca! Aprenda neste artigo como cuidar dos dentes na gravidez!

Os nove meses de gestação da mulher costumam ser um momento delicado. Durante a gravidez, o corpo como um todo sofre mudanças, físicas, emocionais e fisiológicas. Todas as alterações acontecem para prover alimento e condições favoráveis para o bebê se desenvolver, além de, é claro, preparar o corpo para o parto. 

Enjoos e náuseas costumam ser os sintomas mais falados da gravidez, que se dão pela alta concentração de hormônios progesterona, estrogênio e HCG. O refluxo causado pelas condições citadas anteriormente podem levar o ácido gástrico até a boca, o que pode causar danos ao esmalte dentário, deixando-os mais vulneráveis e sensíveis. 

A falta de regularidade nos horários de alimentação, falta de escovação completa – muitas vezes causada pelos enjoos – deixa as mamães com maiores possibilidades de sofrer com cáries e acúmulo de placa nos dentes. 

Saúde bucal e bebês prematuros

Existe uma relação clara entre mães que sofrem com inflamações gengivais e o nascimento de bebês prematuros. 

Com os níveis elevados de estrógeno e progesterona, a gengiva fica extremamente mais sensível ao acúmulo de placa bacteriana. O que deixa o corpo muito mais suscetível a doenças periodontais. 

Doenças periodontais podem afetar desde a superfície da gengiva, até os ossos que suportam os dentes. Em 3 estágios, a condição varia na maior parte dos casos em gravidade: gengivite, periodontite e periodontite avançada.  

Como cuidar dos dentes na gravidez?

Chegando até aqui, você já sabe como é importante cuidar da saúde bucal das gravidinhas para manter a sua dela e do bebê. A boca é uma porta de entradas de vírus, doenças e deve ser sempre cuidada. 

Para cuidar dos dentes nestes 9 meses, é ideal a escovação em 3 etapas rápidas e fáceis, veja abaixo:

Escovação 

A escovação deve ser feita todos os dias após cada refeição ou pelo menos 3 vezes ao dia. O uso da pasta de dentes deve ser regulado. Deve ser usado creme dental em pouca quantidade, é indicado o uso do tamanho de uma ervilha para a escovação. O creme dental deve ser escolhido também de forma a não desgastar o esmalte dental e não irritar as mucosas orais.

Após a escolha do creme dental, a escova é uma ferramenta fundamental. Deve ser escolhida uma com cerdas macias e cabeça pequena. As cerdas macias permitem uma limpeza completa sem ferir as gengivas, e a cabeça pequena é importante para alcançar todos os pequenos espaços da boca. Também é indicado que o cabo tenha boa empunhadura e o pescoço seja afilado.  Os movimentos devem ser feitos na junção do dente com a gengiva. Os movimentos devem ser circulares ou verticais (de cima para baixo, como se estivesse varrendo os dentes). Esse movimento deve ser feito na parte de dentro também. Nas coroas dentárias o movimento deve ser de vai e vem. Cada movimento deve ser feito 10 vezes, escovando 2 dentes de cada vez.

Limpeza interdental

Tão importante quanto escovar os dentes, é limpar entre eles. A escova tradicional higieniza apenas 60% da superfície dental, deixando os outros 40% se tornarem foco de cáries, tártaro e acúmulo de bactérias.

A interdental tradicional macia conta com 8 tamanhos para atender a todos, e deve ser encaixada no espaço entre os dentes de forma que não fique nem muito justa, nem muito solta. Com movimentos de vai e vem, todo acúmulo de biofilme consegue ser retirado.Com a interdental da TePe a escovação é completa, limpando os menores espaços de forma prática. 

Limpeza da língua

Por acumular restos alimentares e bactérias, a maior causa de mau hálito é a falta de escovação da língua. A TePe conta com raspador de língua para a higiene completa da região sem causar enjoo pelo formato diferenciado. 

Atenção grávidas! Fique sempre atenta aos sangramentos gengivais, esse é o primeiro sintoma de anormalidade e um sinal amarelo para a gengivite gravídica. Lembre-se, gengivas saudáveis não sangram. 

Compartilhe este artigo nas suas redes sociais e ajude na conscientização da necessidade dos cuidados com saúde bucal na gravidez!

Posts Recentes

Deixe um comentário