fbpx

Higiene bucal, melhor prevenir do que remediar!

 Em Cárie, Dia-a-dia, Público em geral

Cuidar da boca é o passo principal para ter um sorriso bonito. Descubra o que a falta de cuidado pode causar e como fazer a higiene bucal da forma correta!

Com os materiais corretos, a higiene da boca pode ser simples e rápida. Os cuidados do dia a dia fazem parte da proteção da boca, mas para prevenir é preciso também de acompanhamento profissional.

A prevenção é a melhor opção em todos os casos. Tem pouca grana disponível? A prevenção é mais barata do que o tratamento. Até para quem tem medo do motorzinho do dentista? Cuida direitinho e vai ter que encará-lo cada vez menos para tirar as cáries.

Cuidar da boca e dos dentes além de proporcionar bem-estar afeta muito a auto estima. Ter os dentes feios ou a falta deles pode gerar timidez, vergonha de falar em público, de sorrir e gerar dificuldades até para entrar no mercado de trabalho.

A questão estética é sim importante, mas não é o único motivo para você cuidar. A boca mau cuidada é porta de entrada de doenças como:

  • Periodontite;
  • Tártaro;
  • Retração gengival;
  • Gengivite;
  • Candidíase oral;
  • Cáries;
  • Halitose;
  • Endocardite bacteriana.

O maior risco de quem não cuida dos dentes pode ser perdê-los.Continue lendo para aprender como cuidar da higiene bucal, prevenir doenças e gastar menos com tratamentos.

Como fazer a higiene bucal

Os cuidados diários são muitíssimo importantes para prevenir qualquer condição bucal e devem ser feitos em 3 passos: escovação, limpeza interdental e higiene da língua.

Escovação

A escovação é o passo que a maioria das pessoas costuma fazer no dia a dia. Porém muitos não sabem a forma correta de escovar os dentes.

O primeiro passo é a escolha correta da escova, esta deve ser macia e ter a cabeça pequena para alcançar até os dentes posteriores. Na hora da escolha, o cabo deve ser levado em consideração, ele não deve escapar da mão. Ou seja, deve ser anatômico.

Escolhida a escova, devemos partir para a escovação dos dentes. Com a escova em 45º você pode fazer movimentos de cima para baixo como se estivesse “varrendo” e movimentos circulares.

A escovação deve ser feita pelo menos 3 vezes ao dia, ou após cada refeição. Sendo a mais completa a noite, antes de dormir.

Banner Supreme

Limpeza interdental

Após a escovação apenas 60% da superfície dentária está limpa, os outros 40% a escova infelizmente não consegue alcançar. Os pequenos espaços entre os dentes acumulam restos alimentares, bactérias e saliva, desenvolvendo biofilme dental.

Para limpar entre os dentes deve ser usado o fio dental e a escovinha interdental. Enquanto o fio dental consegue remover restos maiores, a interdental consegue alcançar partes côncavas até a linha da gengiva.  

Com o Mini Flosser da TePe, o uso do fio dental fica mais fácil e prático, pois ele se encaixa com a mordida e tem cabo anatômico. Deve ser usado após a escovação.

As escovas interdentais estão disponíveis em vários tamanhos para caber perfeitamente no espaço entre os dentes. Devem ser usadas após o fio dental e com movimentos de vai e vem.

Banner Mini Flosser

Limpeza da língua

Um dos maiores motivos do mau hálito é o acúmulo de saburra lingual. O raspador lingual da TePe tem 3 superfícies de contato e limpa com apenas uma passada. Seu formato anatômico foi pensado para evitar refluxos e enjoos durante seu uso.

Raspador de língua

Com todas essas dicas, não existem mais desculpas para não realizar a higiene bucal da forma correta. Lembre-se, prevenir é melhor do que remediar!

Posts Recentes

Deixe um comentário