fbpx

Ronco e apneia? Seu dentista pode ajudar!

 Em Público em geral

Entenda como ganhar qualidade de vida durante o tratamento de apneia e os cuidados para manter sua saúde bucal usando aparelho intraoral.

Atualmente existe uma especialidade na odontologia chamada odontologia do sono. Esta é a especialidade do profissional capacitado para tratar alguns distúrbios do sono, como a apneia e o ronco, por exemplo.

A apneia é a ocorrência repetida de pelo menos cinco episódios de obstrução parcial ou total das vias aéreas superiores a cada hora de sono.

Os transtornos causados pela apnéia vai além do que imaginamos, podendo provocar vários sintomas como por exemplo: 

  • Ganho de peso;
  • Irritabilidade;
  • Cansaço e dor de cabeça ao acordar;
    (mesmo tendo dormido como habitualmente)
  • Insônia;
  • Sonolência durante o dia;
  • Alterações cognitivas;
  • Depressão;
  • Complicações vasculares;
  • Problemas bucais.

Todas estas complicações surgem porque apesar do paciente dormir a quantidade de horas suficiente, a obstrução das vias aéreas não permite que o corpo descanse o suficiente para ter uma rotina normal.

A apneia acomete 2% das mulheres e 4% dos homens e é mais comum em pessoas que estão acima do peso.

O ronco, quase sempre, é um sinal de que você tem apneia, contudo há casos em que não é sintoma de nenhum distúrbio do sono. Na dúvida é melhor consultar um profissional caso você esteja roncando constantemente.

Outro sintoma que muitas vezes engana é que por ser um distúrbio do sono, no senso comum, podemos pensar que a apneia geraria dificuldade para dormir, quando na verdade as pessoas que sofrem de apneia dormem muito facilmente.

O que acontece é que depois de dormir a obstrução nas vias aéreas fazem com que a noite de sono não tenha qualidade e na manhã seguinte a pessoa amanhece cansada.

O papel do dentista no tratamento de apneia e ronco

Os problemas bucais que podem aparecer com a apneia e com o ronco são:

  • Cáries;
  • Placas bacterianas;
  • Tártaro.

Estes problemas acontecem porque as mucosas orais ressecam em pessoas que sofrem com apneia, somente isto já seria motivo para você procurar um dentista.

A função do odontologista do sono não é somente o da sua saúde bucal, este profissional é capaz de diagnosticar e também realizar o tratamento dos distúrbios do sono.

Normalmente nestes tratamentos são usados aparelhos intraorais. Estes fazem com que a mandíbula avance para frente melhorando a respiração do paciente enquanto ele dorme.

Em casos mais graves, estes aparelhos são usados em concomitância com aparelhos externos, que também objetivam melhorar a respiração do paciente durante o sono.

O uso de aparelhos intraorais exigem alguns cuidados

Quem faz uso do aparelho intraoral tem que ter alguns cuidados extras com a saúde bucal devido ao uso do aparelho, isto para que a solução de um problema não crie outro transtorno.

Estes cuidados não são complexos e tampouco incômodos. A escovação e os cuidados com a saúde bucal em geral são bem simples e o uso do aparelho intraoral não dificulta esta tarefa.

Uma correta escovação  será realizada dente a dente e também deve englobar a escovação interdental, que é a escovação entre os dentes, em áreas que nem com o fio dental conseguimos chegar.

Estas áreas da boca são aquelas pequenas curvas internas dos dentes em que o fio dental não limpa e as escovas interdentais, devido ao seu formato, conseguem limpar com facilidade. 

Juntando estes cuidados com a sua saúde e os benefícios que o tratamento da apneia apresenta, sua qualidade de vida melhorara muito.

Qualidade de vida

A apneia, de nome científico SAOS (Síndrome da Apneia Obstrutiva do Sono), pode gerar muitos incômodos, sintomas e nos casos mais graves, até a morte, mas a boa notícia é que tem tratamento tanto para a apneia quanto para os problemas que ela pode trazer para você.

Conhece alguém que sofre com estes distúrbios do sono? Envie esse artigo para ela e ajude-a a ter uma vida melhor!

 

Posts Recentes

Deixe um comentário