fbpx

Você sabia que suas escovas de dente convencionais limpam seus dentes e sujam o planeta

 Em Dia-a-dia, Para Dentistas, Público em geral

A primeira escova de dentes do mundo é datada de 1498, na China, quando rapidamente se espalhou. Contudo, o hábito da escovação só se tornou mundial quando uma empresa, no ano de 1927¹, inseriu na fórmula do seu creme dental doses de óleo de hortelã, críticos e outras substâncias que davam uma sensação gelada e ardida na língua e na gengiva. Algo que as demais ainda não haviam feito, o que criou o anseio pela escovação. ² 

A pasta não fornecia somente a limpeza dos dentes, mas a sensação de que estavam limpos. Essa sensação fazia com que as pessoas precisassem dela para acreditar que suas bocas estavam limpas. Desde então quase todas as empresas começaram a utilizar um “gosto” no creme dental, com isso preocupação com a higiene bucal continuou crescendo, chegando ao ponto em que escovar os dentes tornou-se um hábito mundial.

Quando falamos sobre escovas de dentes, a recomendação da FDI (Federação Dentária Internacional) é que o indivíduo troque a sua escova de dentes a cada três meses. Considerando os dados do IBGE³ de 2017 onde expectativa de vida do brasileiro é de 76 anos; cada indivíduo usaria cerca de 304 escovas de dentes ao longo de sua vida. Dados de 2002 revelam que o consumo de escovas segue aumentando ininterruptamente desde o início do Plano Real.4

Já que uma escova de dentes pesa cerca de 30 gramas, então pode-se concluir que uma pessoa usa cerca de 9 quilos de plástico e nylon em escovas de dentes ao longo da sua vida. Dá pra imaginar uma população? Lembrando que esse resíduo muitas vezes não é descartado corretamente e volta para o meio ambiente, qual o impacto que isso gera?

O ciclo de reciclagem das escovas de dentes não era algo levado em consideração pela população até recentemente. Isso se deve ao fato de que ainda hoje a maioria de nós não sabe diferenciar resíduos recicláveis e não recicláveis, deixando assim de fazer o descarte adequado. Um grande exemplo de erro cometido no descarte é o fato de muitas pessoas acreditarem que o guardanapo utilizado é reciclável, quando na verdade não é.

A separação e reciclagem de resíduos precisa se tornar um hábito. Um excelente método de começar seria através do correto descarte das nossas escovas de dentes, embalagens de materiais de higiêne e limpeza e demais resíduos domiciliares não orgânicos.

O plástico usado na maioria das escovas é muito nocivo para a natureza, devendo ser encaminhado para coleta seletiva. Separar os diferentes materiais na hora do descarte é uma pequena atitude que tem um grande impacto ambiental. Com a correta reciclagem o resíduo pode ser tornar fonte de energia ou novos produtos.

A Federação Internacional Dentária emitiu recentemente em seu site, uma publicação comprometendo-se com as diretrizes estabelecidas pela ONU, sobre desenvolvimento sustentável e ações que devem ser implementadas nos países para a preservação do meio ambiente. 

Além do comprometimento nas práticas de reciclagem dos itens de higiene bucal, a utilização e produção de novos materiais dentários através de processos mais sustentáveis é essencial.

Após estudos e pesquisas, a TePe, fábrica sueca de produtos de higiene bucal, trouxe ao mercado a nova escova de dentes TePe GOOD®. Nessa nova proposta, a TePe utiliza cana-de-açúcar para a fabricação do bioplástico do cabo, e óleo de mamona para as cerdas, buscando sempre levar o melhor material e conforto possível.

Além da diferença no material de base biológica, a sua produção é toda através de energia verde. Uma vez que a escova de dente é produzida em Malmo na Suécia, em uma fábrica movida a energia solar.  Com isso a TePe segue reduzindo e reciclando 95% das emissões de dióxido de carbono. 

Hoje em dia não basta levar o melhor ao consumidor, é necessário levar em consideração o meio ambiente e o futuro do planeta, razão pela qual, a longo prazo a empresa tem o objetivo de se tornar independente de matérias primas fósseis, utilizando somente renováveis.

É preciso, além de vender os melhores produtos, unir a população, empresas e governos para melhorarmos a situação do nosso mundo através de práticas sustentáveis. Começar pela coleta seletiva e utilização de produtos sustentáveis é uma excelente forma de fazer sua parte!

[1] https://en.wikipedia.org/wiki/Claude_C._Hopkins

[2] O poder do hábito – pgs. 73 a 76 – Charles Duhigg

[3] https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/agencia-noticias/2012-agencia-de-noticias/noticias/23206-expectativa-de-vida-do-brasileiro-sobe-para-76-anos-mortalidade-infantil-cai

[4] https://exame.abril.com.br/economia/consumo-m0040048/

 

Dr Sérgio Kahn
Pós Dr em Periodontia UERJ
Presidente da Sociedade Brasileira de Periodontologia

Posts Recentes

Deixe um comentário

 

UM PRESENTE
CRIATIVO E
SUSTENTÁVEL
TePe GOOD
VER PRODUTO
TePe GOOD com desconto
Compre sua escova sustentável e receba na sua casa!
Economizar e cuidar da natureza
Não me importo com a natureza